Torne-se perito

Samsung apresenta novos Galaxy Note e Note Edge e óculos de realidade virtual

A dias do arranque da IFA, em Berlim, e de a Apple apresentar o iPhone 6, sul-coreana responde à concorrência com novos produtos.

O Galaxy Note Edge com lateral direita curva
Fotogaleria
O Galaxy Note Edge com lateral direita curva Hannibal Hanschke/Reuters
O Galaxy Note Edge
Fotogaleria
O Galaxy Note Edge Andrew Burton/Getty Images/AFP
Apresentação do Galaxy Note 4 pelo director de marketing da Samsung
Fotogaleria
Apresentação do Galaxy Note 4 pelo director de marketing da Samsung ODD ANDERSEN/AFP
Fotogaleria
O Gear VR Innovator, os óculos de realidade virtual Hannibal Hanschke/Reuters
Fotogaleria
Hannibal Hanschke/Reuters

A sul-coreana Samsung está empenhada em marcar a sua posição no mercado e apresentou novas versões do seu phablet Galaxy Note, que surge com um sensor de luz ultravioleta, e do Galaxy Note Edge, onde o ecrã do smartphone é curvo na extremidade direita, permitindo uma nova interacção com o aparelho. Além destas versões, a Samsung mostrou o seu Gear VR Innovator, óculos de realidade virtual que podem ser ligados a um smartphone e permitir uma outra forma de jogar e ver vídeos.

A data oficial para o lançamento do iPhone 6 ainda não é conhecida, mas tudo aponta para que ocorra na próxima semana. A curiosidade sobre o novo equipamento da Apple já levou milhares de pessoas a sondar as lojas da marca para fazer uma pré-encomenda do smartphone. Enquanto se mantém o secretismo sobre o novo iPhone, a Samsung respondeu já à concorrência e nesta quarta-feira apresentou novos produtos à margem do arranque do salão IFA, em Berlim, Alemanha. O anúncio surge ainda numa altura em que a sul-coreana tenta reafirmar a sua posição no mercado de tecnologias, onde lidera com os seus smartphones.

Lançado pela primeira vez, em 2011, o Galaxy Note, uma mistura de smartphone e tablet, surge agora na sua versão 4, que o director de vendas de marketing do grupo, DJ Lee, assegurou na apresentação ser “melhor e mais eficiente”.  

Com um novo design e uma moldura de metal, o Galaxy Note 4 tem um ecrã com uma maior resistência, de 5,7 polegadas (14,5cm), e uma resolução de 1440x2560 pixéis devido à tecnologia Quad HD. A Samsung melhorou ainda as câmaras frontal e traseira, com 3,7 e 16 megapixéis, respectivamente, que permitem tirar, por exemplo, selfies panorâmicas.

A bateria tem 3.220 mAh e pode ser carregada sem fios. Segundo a Samsung, o phablet permite recarregar 50% da sua bateria em cerca de meia hora, quase metade do tempo que a versão anterior, o Note 3.

Com sistema Android, o aparelho tem 3GB de memória RAM e 32GB de armazenamento, capacidade que é possível duplicar até 64GB, com um cartão MicroSD. O Galaxy Note 4 está disponível nas versões Snapdragon 805 e Exynos 5433.

Uma das grandes novidades que o dispositivo apresenta é, segundo a Samsung, ter o “primeiro sensor ultravioleta num aparelho móvel do mundo”. O sensor permite ao utilizador uma forma de controlar a sua exposição ao Sol se tiver o smartphone fora do bolso ou da mala. O Note 4 tem ainda sensores para acelerómetro, bússola, proximidade, barómetro, temperatura e movimento.

O Galaxy Note 4 vai ser lançado em Outubro, não se sabendo ainda a que preço.

A Samsung apresentou ainda os seus óculos de realidade virtual, que podem ser ligados ao Note 4. Os óculos usam o ecrã e as colunas do smartphone e têm um sistema de ajustamento de lentes de focagem. A empresa explica que será possível ter um campo de visão mais alargado de 96 graus, dando uma ideia ao utilizador de que está a olhar para um ecrã com mais de 4 metros de largura, a dois metros de distância. As imagens projectadas vão-se alterando em sintonia com o movimento da cabeça do utilizador, o que permite visualizar vídeos e jogos de uma forma mais imersiva e real.

Na capital alemã, que recebe o evento IFA, entre 5 e 10 de Setembro, a Samsung revelou ainda uma outra versão de smartphone gigante, o Galaxy Note Edge, cuja principal característica é ter a lateral direita em formato curvo, que se funde com o ecrã principal. A posição da parte do ecrã curvo pode, no entanto, ser um problema para os destros.

Com um ecrã de 5,6 polegadas e uma resolução de 1600x2560 pixéis, tem a mesma capacidade de memória do que o Note 4 e o mesmos sensores. A lateral curva do pretende agilizar o acesso a notificações e a ícones de atalho para aplicações e permitir que o utilizador possa ver um vídeo mas manter outros comandos visíveis. A lateral funciona como uma espécie de barra de ferramentas que pode ser controlada com o deslizar do polegar.

Sugerir correcção