Alexandra Couto
Foto
Alexandra Couto

CRAV garante que o clube “não está em ruptura”

Num comunicado emitido nesta quarta-feira, os minhotos afirmam que o pedido de despromoção “reveste-se de um carácter estratégico e preventivo”

Dois dias depois de solicitar à da Federação Portuguesa de Rugby (FPR) a despromoção à I Divisão, a direcção do CRAV emitiu um comunicado onde esclarece que “ao contrário do que algumas reacções sugerem ou podem dar a entender", o clube minhoto "não está em ruptura”.

Tal como tinha sido esclarecido por Filipe Machado, presidente da formação minhota, ao P3 Râguebi, o pedido dos arcuenses “reveste-se de um carácter estratégico e preventivo, de modo a evitar a ruptura", tendo como objetivo "garantir uma aposta na formação”.

Embora se reconheça que o “CRAV está numa situação delicada”, na nota é sublinhado que isso “não quer dizer que esteja em causa a sua sobrevivência”. “Os problemas, embora sem ser de imediato, têm solução. O projecto do Clube continua e a sua existência futura não está comprometida.”

PÚBLICO -
Foto

A direcção do CRAV termina o comunicado a “agradecer a solidariedade dos clubes que já a manifestaram, sinal de um reconhecimento implícito e explícito de 33 anos ao serviço do desporto, do Rugby e da região”.