Esta arca térmica bateu todos os recordes no Kickstarter

A Coolest é uma “festa portátil disfarçada de arca térmica”, com acessórios para facilitar a vida ao ar livre. Campanha de "crowdfunding" criada por norte-americano já angariou mais de onze milhões de dólares — e só pediu 50 mil

Ryan Grepper pegou no conceito de arca térmica — daquelas usadas para transportar bebidas para a praia ou piqueniques — e transformou-o numa “festa portátil”. É assim que o norte-americano define a Coolest, invenção que está prestes a ser concretizada graças à mais rentável campanha de "crowdfunding" da plataforma Kickstarter de sempre.

O inventor acrescentou acessórios do século XXI ao objecto comum e, com isso, já conseguiu mais onze milhões de dólares (cerca de 8,3 milhões euros) de financiamento. Isto quando inicialmente tinha pedido 50 mil (38 mil euros).

Além de manter as bebidas e os alimentos frescos — propósito fundamental de qualquer arca do género —, a Coolest tem uma divisão de compartimentos para que nada se misture (e que se transforma num mini-tabuleiro), iluminação interior, um abre-cápsulas e arrumação para pratos e talheres. Mas o extra que mais atenção tem atraído é mesmo o liquidificador, que se pode guardar e utilizar encaixado na tampa da arca. Pode fazer até cerca de 22 litros de cocktails e smoothies com um só carregamento.

PÚBLICO -
Foto
A tampa da Coolest transforma-se ainda em tabuleiro e inclui espaço para guardar pratos e talheres

Duas entradas de USB — ideais para recarregar baterias de gadgets — e uma coluna de som à prova de água que pode funcionar através de uma ligação de Bluetooth encerram a lista de características da Coolest, que vem ainda com duas rodas.

PÚBLICO -
Foto
A arca tem ainda entradas USB e uma coluna de som à prova de água

As contribuições para a campanha de "crowdfunding" — que termina a 30 de Agosto — podem começar nos cinco dólares e chegar aos dois mil. Uma edição normal da Coolest fica por 165 dólares (à volta de 125 euros).

O anterior recorde de financiamento no Kickstarter pertencia ao “smartwatch” Pebble, que arrecadou perto de dez milhões de dólares (perto de 7,5 milhões de euros). De acordo com o site norte-americano “The Verge”, esta não foi a primeira vez que Ryan Grepper tentou obter financiamento para a Coolest através da plataforma norte-americana. Em Novembro de 2013, a ideia não foi tão aplaudida: dos 125 mil dólares pedidos na altura, Grepper só conseguiu perto de 102. Não desistiu da Coolest, fez algumas alterações ao produto e tentou de novo, durante este Verão.

Sugerir correcção