DR
Foto
DR

Uma dezena de portugueses entra em acção

Começa neste sábado a Pro D2, um campeonato que conta com a presença de vários jogadores que já representaram a selecção nacional

Com dois históricos do râguebi francês como principais candidatos à promoção (Perpignan e Biarritz), a Pro D2, a segunda divisão gaulesa, arranca neste sábado e volta a contar com vários portugueses. Sem novos emigrantes, há a destacar a chegada à competição de David Penalva, Mike Tadjer Barbosa e Wilfried Rodrigues.

Perpignan e Biarritz, despromovidos em 2013-14 do Top 14, partem na pole position para garantir o regresso dentro de um ano à elite do râguebi francês, mas a Pro D2 promete nesta temporada voltar a pautar-se pelo equilíbrio, com vários clubes a ambicionar a promoção.

Entre os pretendentes a contrariar o favoritismo de Perpignan e Biarritz está o Pau, de Samuel Marques. O formação trocou nesta época o Albi pelo clube dos Pirenéus e será um importante triunfo para a equipa verde e branca. Outro português que mudou de clube foi José Lima. O centro fez uma pequena viagem entre Narbonne e Carcassonne e será uma mais-valia para um clube que na última temporada evitou a despromoção em cima da meta.

PÚBLICO -
Foto

A terceira transferência é um empréstimo. Jean Sousa, que nunca vestiu a camisola da selecção nacional, foi emprestado pelo Lyon, que subiu ao Top 14, ao vizinho Bourgoin. Em Bourgoin-Jallieu, o segunda-linha será colega de equipa de Cristian Spachuk e Fabio da Silva, que se mantêm no clube.

Com ambições a andar entre os primeiros estará o Colomiers onde Aurélien Béco é o capitão de equipa e um dos indiscutíveis. Mais modestas serão as ambições do Béziers, onde continuará a jogar Francisco Fernandes. De regresso à Pro D2 após terem conseguido a promoção na Fédérale 1 estão Mike Tadjer Barbosa e Wilfried Rodrigues com a camisola do Massy. Na mesma situação está David Penalva, um dos Lobos no Mundial 2007, no Montauban.