Depois da Hachette, Amazon também em guerra com a Disney

Amazon.com não deixa encomendar filmes da Disney. Apenas disponibiliza as suas versões digitais.

Foto
Jeff Bezos, fundador da Amazon, é acusado de pressionar as empresas

Numa altura em que a guerra com a Hachette parece ainda estar longe do fim, a Amazon tem agora outro conflito em mãos. Desta vez, o problema é com a gigante Walt Disney Co., não disponibilizando os seus filmes para compra. Segundo o Wall Street Journal, é como se os filmes em questão não estivessem em stock, prometendo a Amazon notificar o cliente quando os voltar a ter.

Esta já foi uma táctica usada pela Amazon este ano em casos com a Time Warner e a Warner Bros, lembra o mesmo jornal. Esta é a forma que a Amazon encontra para pressionar à resolução das divergências que têm muitas vezes a ver com as margens de lucro.

É esse, aliás, o problema existente com a Hachette. Não se conhecem ao certo os termos contratuais que afastam as duas empresas mas, enquanto não é encontrada uma solução, a Amazon tem dificultado o acesso aos livros da editora, o que já espoletou a raiva a muitos escritores. Neste domingo, foi publicada no New York Times uma carta aberta assinada por mais de 900 autores que pedem à Amazon que acabe com o conflito que apenas os tem prejudicado.

Com a Disney, o problema parece ser semelhante. A compra dos filmes no seu suporte físico não está disponível mas ainda é possível comprar as versões digitais dos mesmos.

Nem a Disney nem a Amazon comentaram ainda a situação.