Portugal é o terceiro país da UE em que a dívida pública mais subiu

Dívida pública cresceu sete mil milhões e corresponde a 132,9% do PIB.

Dívida pública está próxima dos 221 mil milhões de euros
Foto
Dívida pública está próxima dos 221 mil milhões de euros PHILIPPE HUGUEN/AFP

Portugal tinha no primeiro trimestre do ano uma dívida próxima dos 221 mil milhões de euros, mais sete mil milhões do que nos três meses anteriores e um valor que correspondia a 132,9% do Produto Interno Bruto (PIB). Com estes números, o país registou o terceiro maior crescimento de dívida na União Europeia em termos de percentagem do PIB.

Os dados foram divulgados nesta terça-feira pelo Eurostat, o gabinete de estatísticas da UE, e indicam que o país onde a dívida pública mais subiu face à produção de riqueza foi a Eslovénia: um aumento de sete pontos percentuais, passando a dívida representar 78,7% do PIB daquele país. Segue-se a Hungria, com uma subida de cinco pontos percentuais e um rácio de 84,3%.

Portugal surge em terceiro, a par da Bélgica, com um aumento de 3,9 pontos percentuais. No caso belga, a dívida é de 105,1% do PIB.

Do outro lado da tabela, a maior descida ocorreu na Polónia, onde se verificou uma queda de 7,6 pontos percentuais este ano em relação ao trimestre anterior, colocando a dívida pública polaca em 49,5% do PIB. Na Alemanha, a queda foi de 1,1 pontos percentuais, para 77,3%, e na Grécia, de um ponto percentual.

A média dos 28 Estados da União Europeia também registou uma ligeira subida, de 0,8 pontos percentuais, passando a ser de 88% do PIB. O resultado é pior quando se fazem as contas apenas aos 18 países da zona euro. Neste caso, a subida foi de 1,2 pontos percentuais, para uma dívida média de 93,9% do PIB, um crescimento que surge depois de dois trimestres consecutivos de descidas.

Na comparação entre o primeiro trimestre deste ano e o do ano passado, a subida portuguesa é ainda maior. O país tinha então uma dívida de aproximadamente 209 mil milhões de euros, o que significava 127,4% da riqueza produzida, um valor 5,5 pontos percentuais abaixo do registado em 2014.

Em termos homólogos, os países com melhor desempenho foram a Polónia, a Alemanha e a República Checa. Aqueles em que a dívida mais cresceu foram o Chipre, a Eslovénia e a Grécia. Nesta comparação anual, Portugal fica em sexto lugar.

A dimensão da dívida portuguesa face ao PIB coloca o país também no terceiro lugar dos Estados da UE com um rácio mais desfavorável. Em primeiro está a Grécia, com 174,1%, e em segundo surge a Itália, com 135,6%.

Os países com menor dívida são a Estónia (10%), a Bulgária (20,3%) e o Luxemburgo (22,8%).