Idosa atacada por dois cães fica internada em estado grave

Mulher de 85 anos foi atacada em Moledo, Caminha. A GNR identificou o dono dos animais que foram, entretanto, recolhidos para o canil de Ponte de Lima.

Leis sobre cães perigosos mais duras, depois de casos como o de Beja, em que um cão matou um bebé
Foto
Leis sobre cães perigosos mais duras, depois de casos como o de Beja, em que um cão matou um bebé Nelson Garrido/Arquivo

Uma mulher de 85 anos foi na manhã desta quinta-feira internada em estado grave depois de ter sido atacada por dois cães, pelas 8h30, em Moledo, Caminha. A idosa foi atacada por um pitbull, um cão de raça potencialmente perigosa, e por um yorkshire, junto à sua habitação, na Rua do Cruzeiro.

A vítima foi mordida no pescoço e na cabeça, adiantou ao PÚBLICO fonte da GNR de Viana do Castelo. Uma equipa dos Bombeiros Voluntários de Vila Praia de Âncora seguiu de imediato para o local e transportou depois a vítima para o hospital de Viana do Castelo onde permanece.

Fonte oficial daquela unidade de saúde, contactada pelo PÚBLICO, limitou-se a confirmar que a idosa foi internada sem acrescentar mais dados sobre o seu estado de saúde.

Foi o filho da idosa quem telefonou às autoridades para avisar que a mãe tinha sido atacada pelos cães que, garantiu fonte da GNR, já teriam sido referenciados por outros ataques menos graves na vizinhança.

O proprietário dos cães já foi identificado pela GNR e o caso foi comunicado ao Ministério Público. Os animais foram, entretanto, transportados para ao canil intermunicipal de Ponte de Lima.