Patrick Monteiro de Barros renuncia à administração da ESFG

A holding é a maior accionista do BES.

Patrick Monteiro de Barros está de saída da administração do Espírito Santo Financial Group (ESFG), que detém 21,5% do BES.

Num comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários, a ESFG refere que “Patrick Monteiro de Barros renunciou ao conselho de administração com efeitos imediatos".

Já a 24 de Junho, José Maria Ricciardi, primo de Ricardo Salgado, tinha renunciado ao cargo, também com efeitos imediatos, mantendo-se como presidente do banco de investimento BESI.

A renúncia de Monteiro de Barros surge num momento de tensão dentro do Grupo Espírito Santo (GES), que também está a ter impactos na PT, fruto da aplicação de 900 milhões de euros que a operadora fez em papel comercial da Rioforte, detida pelo GES.

A empresa liderada por Henrique Granadeiro caiu mais de 5% em bolsa na sessão desta segunda-feira, dia em que o Banco de Desenvolvimento do Brasil atacou a operação realizada, num momento em que está em processo de fusão com a Oi. O BES, por sua vez, derrapou quase 10% em bolsa.