Fundação vende tipografia desenhada por sem-abrigo

O projecto Homeless Fonts partiu da Fundação Arrels de Barcelona em parceria com agência publicitária McCann

Os cartões com apelos escritos em linhas cruas e angulares são familiares nas ruas de qualquer centro urbano. Agora poderão render aos seus autores mais do que esmolas. É essa a ideia por trás de Homeless Fonts: dignificar a condição dos sem-abrigo, permitindo-lhes vender o seu trabalho.

A iniciativa foi uma parceria da Fundação Arrels, que trabalha com os sem-abrigo de Barcelona, e o departamento The Cyranos da reconhecida agência de publicidade McCann. A eles associaram-se alguns ateliers e profissionais de design que assistiram em regime voluntário ao processo de scan dos tipos desenhados pelos sem-abrigo que aderiram à iniciativa.

Ao todo são dez os sem-abrigo que já disponibilizaram os seus tipos no site da Homeless Fonts. No seu vídeo de apresentação, Guillermo fala da rua como "um sítio de violência e abuso", e onde desde logo a sua letra "não traduz" aquilo que é. "Porque não consigo escrever 'amor' se não encontrar em mim paixão".

Todos os proveitos das vendas dos tipos de letra revertem a favor da Fundação Arrels, uma ONG baseada em Barcelona que conta com cerca de 250 voluntários. 80% dos fundos da Arrels destinam-se à acção directa, enquanto que o resto se destina a promover campanhas de sensibilização como esta.

PÚBLICO -
Foto

Texto editado por Luís Octávio Costa