Bola do título do Benfica comprada por adepto em Angola por 2.800 euros

O valor será entregue a uma associação de solidariedade da Covilhã.

A bola do mais recente título de campeão nacional foi leiloada
Foto
A bola do mais recente título de campeão nacional foi leiloada Francisco Leong/AFP

Um adepto residente em Angola licitou por 2.800 euros uma bola utilizada no jogo em que o Benfica se sagrou campeão nacional de futebol, oferecida pelo árbitro da partida, Carlos Xistra, a uma associação de solidariedade da Covilhã para ser leiloada.

A bola com que terminou o encontro entre o Benfica e o Olhanense foi comprada por um português, benfiquista, residente em Angola, revelou Nuno Pombo, presidente da Associação O Mundo Da Carolina.

O leilão da bola do 33.º título dos "encarnados", e que incluía também uma camisola do Benfica, autografada pelo plantel, terminou domingo e deixou Nuno Pombo satisfeito.

"Correu bastante bem e as licitações finais ajudaram a valorizar o leilão, cujas receitas revertem para a publicação de um livro solidário e para três associações: Acreditar, Aldeias SOS e Associação de Pais e Amigos do Cidadão Deficiente Mental da Covilhã", salienta Nuno Pombo, que criou o projecto solidário em memória da filha falecida o ano passado, vítima de leucemia.

O livro "O Mundo da Carolina", com histórias e desenhos feitos por Carolina Pombo, enquanto estava no hospital, foi lançado no Dia da Criança e contou com a presença de João Vieira Pinto, em representação da Federação Portuguesa de Futebol.

"O João Vieira Pinto prontificou-se a entregar o livro a cada um dos jogadores da selecção, para que os possa inspirar no Mundial, e mostrou-se muito sensibilizado para ajudar a divulgar a associação", conta Nuno Pombo.

O presidente da Associação O Mundo da Carolina volta a louvar o gesto do covilhanense Carlos Xistra, "um amigo de longa data", que acompanhou a doença de Carolina Pombo, e que adianta vai estar ligado a mais acções da Associação O Mundo da Carolina.

A bola e a camisola são entregues a 10 de Junho, durante um torneio de futebol solidário, a realizar na Covilhã.