Fotogaleria
Fotogaleria
DR

Muraliza, a arte urbana vai crescer em Cascais

De 4 a 10 de Junho, o centro histórico de Cascais recebe o Festival Muraliza. Seis artistas vão pintar painéis por toda a cidade

De 4 a 10 de Junho, Vila Nova de Cascais recebe o Muraliza 2014, um festival de Arte Mural que pretende melhorar a qualidade das intervenções artísticas na cidade. O centro histórico vai encher-se de cor, com a pintura de seis murais que vão fazer parte de um circuito de arte mural. O objectivo é impulsionar um turismo especializado para dinamizar as ruas de Cascais.

A pintura dos murais, com curadoria de Mário Belém e Nomen e produção de Lara Seixo Rodrigues, vai estar a cargo de seis artistas da zona, “talentos locais de renome internacional”: Mário Belém, Arraiano, Add Fuel, Exas, Youth One e Nomen. Em vista, estará Cascais (as suas características, lendas, património e personalidades) retratada em painéis de grande e média dimensão. Pretende-se que o “graffiti ou street art” se transformem de universos à margem, em parte integrante do urbanismo.

O Festival Muraliza é um dos eventos que assinalam o 650º aniversário da Carta de Vila, promovidos pela Câmara Municipal de Cascais, "indiscutivelmente o berço de todas as expressões artísticas de rua em portugal" e apontando para "uma renovação desse estatuto, já algo esquecido ou desconhecido".

De 7 a 10 de Junho, das 11h às 17h, estão marcadas visitas guiadas de entrada livre a todos os interessados.

Texto editado por Luís Octávio Costa