Agora é oficial: o “'10' perfeito” vai retirar-se

Jonny Wilkinson confirmou nesta segunda-feira que vai terminar a carreira de jogador no final da época

Os dois últimos jogos da carreira de Jonny Wilkinson serão duas finais. O médio-abertura, um dos melhores da história do râguebi, confirmou nesta segunda-feira que vai terminar a carreira de jogador no final da época.

A notícia já era dada como certa, mas faltava a confirmação oficial que chegou através de uma declaração do inglês num comunicado publicado no site oficial do RC Toulon: “Quero aproveitar a oportunidade para formalmente anunciar a minha retirada como jogador de râguebi.”

“Não é necessário dizer que existe um enorme número de pessoas a quem quero agradecer pelo apoio em todo o mundo, mas especial em França e em Inglaterra. Esta, no entanto, é uma altura para concentrar toda a minha concentração e energia nos dois jogos que restam para acabar a época”, acrescentou.

PÚBLICO -
Foto

Com 34 anos, Wilkinson é considerado por muitos o “’10’ perfeito” e retirou-se da selecção de Inglaterra após o Mundial 2011, após disputar 91 partidas com a camisola do seu país e marcar 1179 pontos. O jogador do RC Toulon, que deverá continuar a trabalhar no clube francês, alinhou ainda em seis ocasiões pelos British & Irish Lions, onde obteve mais 67 pontos.

PÚBLICO -
Foto

O médio-abertura foi o herói inglês no Mundial 2003, onde foi o melhor marcador do torneio e marcou um fantástico pontapé de ressalto a menos de 30 segundos de terminar o prolongamento da final contra os australianos, que desempatou a partida e garantiu à Inglaterra a conquista do Campeonato do Mundo.

No próximo sábado, véspera do seu 35.º aniversário, Wilkinson vai ainda disputar a final da Heineken Cup frente aos Saracens. A despedida, no entanto, está marcada para o Stade de France, no próximo dia 31, quando o RC Toulon defrontar o Castres na final do Top 14.

Sugerir correcção