Museu da Inocência na Turquia venceu Prémio Museu Europeu do Ano 2014

O Museu da Inocência em Istambul
Foto
O Museu da Inocência em Istambul AFP PHOTO / BULENT KILIC

O Museu da Inocência, em Istambul, Turquia, foi este sábado distinguido com o Prémio Museu Europeu do Ano 2014, que foi atribuído em Tallin, na Estónia, anunciou a organização.

“O Museu da Inocência pode ser visto simplesmente como um museu da história de Istambul, na segunda metade do século XX. No entanto, é também um museu criado pelo escritor Orhan Pamuk como uma versão integral da história de amor contada no seu romance com o mesmo nome”, lê-se no comunicado divulgado este sábado pela organização do prémio, o Fórum Europeu de Museus, do Conselho da Europa.

No comunicado, pode ler-se ainda que este museu “foi concebido como pequeno e pessoal, local e com um modelo sustentável para o desenvolvimento de um novo museu”. “O Museu da Inocência inspira e estabelece paradigmas novos e inovadores no sector museológico”, refere.

O romance O Museu da Inocência foi a primeira obra concluída pelo escritor turco Orhan Pamuk depois de lhe ter sido atribuído o Prémio Nobel da Literatura, em 2006.

O vencedor foi escolhido entre 37 museus, dois deles portugueses, o Museu dos Transportes e Comunicações, no Porto, e o da Baleia, na Madeira.

Este ano, o júri atribuiu ainda louvores especiais aos seguintes museus: Museu Marítimo, em Tallin, Estónia, Bildmusset, em Umea, Suécia, Museu Nacional de Ciência e Tecnologia, em A Coruña, Espanha, Museu Occidens/Catedral de Pamplona, também em Espanha, Memorial, Museu e Centro de Documentação do Holocausto e Direitos Humanos, em Mechelen, Bélgica, e Memorial do Campo de Concentração de Flossenburg, Alemanha.

Foram ainda atribuídos os prémios Kenneth Hudson, ao Zanis Lipke Memorial, em Riga, Letónia, The Silletto, ao Museu Saurer, em Arbon, Suíça.

O Prémio Museu Europeu do Ano (European Museum of the Year Award - EMYA, na sigla original, em inglês) é anualmente atribuído no final da assembleia geral anual do Fórum Europeu de Museus, que este ano decorreu desde a passada quarta-feira, em Tallin, na Estónia.

Na área da museologia, este é o principal e o mais antigo dos galardões atribuídos por esta organização do Conselho da Europa, e também o mais prestigiado no continente europeu.

Criado em 1977, o Fórum Europeu dos Museus é uma organização transnacional sem fins lucrativos, que se dedica há 35 anos a iniciativas para melhorar a qualidade dos museus europeus.

O vencedor de 2013 foi o Museu Riverside de Glasgow, na Escócia, e, em 2012, o galardão europeu foi conquistado pelo Museu Madinat al-Zahra, da cidade espanhola de Córdova.

P24 O seu Público em -- -- minutos

-/-

Apoiado por BMW
Mais recomendações