O bom fotojornalismo no Museu da Electricidade

Mais de 130 fotografias da exposição do concurso World Press Photo podem ser vistas até 24 de Maio.

Fotogaleria
World Press Photo of the Year, Questões Actuais, 1º prémio (fotografia única). Grupo de imigrantes africanos que, a partir da costa do Djibuti, tentam encontrar a rede somali mais barata para falarem com os seus familiares JOHN STANMEYER/VII for National Geographic
Fotogaleria
Notícias, 1º prémio (fotografia única). Centro de refugiados sírios, em Sofia, Bulgária ALESSANDRO PENSO/OnOff Pictures
Fotogaleria
Notícias, 2º prémio (estórias). Manifestantes em Bangui, República Centro Africana, pedem a demissão do presidente Michel Djotodia WILLIAM DANIELS/Panos Pictures for Time
Fotogaleria
Notícias, 1º prémio (fotografia única). Sobreviventes do tufão Haiyan, durante uma procissão em Tolosa, ilha de Leyte, Filipinas PHILIPPE LOPEZ/Agence France-Presse
Fotogaleria
Notícias, 1º prémio (estórias). Combatentes rebeldes sírios protegem-se depois de uma explosão, nos arredores de Damasco GORAN TOMASEVIC/Reuters
Fotogaleria
Notícias, 2º prémio (estórias). Mulher e duas crianças escondem-se durante o massacre no centro comercial de Westgate, Nairobi, Quénia TYLER HICKS/The New York Times
Fotogaleria
Questões Actuais, 3º prémio (fotografia única). Polícia à chegada a local de crime, em Saltillo, Coahuila, México CHRISTOPHER VANEGAS/La Vanguardia/El Guardían
Fotogaleria
Questões Actuais, 1º prémio (estórias). Discussão entre Shane e Maggie enquanto a filha entra na cozinha, Lancaster. EUA SARA NAOMI LEWKOWICZ/Time
Fotogaleria
Vida Quotidiana, 1º prémio (fotografia única). Combatentes do movimento birmanês independentista Kachin durante o funeral de um dos seus comendantes JULIUS SCHRANK/De Volkskrant
Fotogaleria
Vida Quotidiana, 1º prémio (estórias). Roupa de vítima de violência, em El Salvador FRED RAMOS/El Faro
Fotogaleria
Desporto, 2º prémio. Esquiador durante o International Ski Championship em Szczyrk, Polónia ANDRZEJ GRYGIEL/PAP-Polska Agencja Prasowa
Fotogaleria
Desporto, 3º prémio. O australiano Daniel Arnamnart durante os 100m costas, os Australian Swimming Championships 2013 QUINN ROONEY/Getty Images
Fotogaleria
Desporto, 1º prémio. Nadja Casadei, atleta com cancro, participou nos provas europeias e mundiais de heptatlo PETER HOLGERSSON
Fotogaleria
Retrato, 1º prémio. Mulher desanimada depois de não conseguir ver o corpo de Nelson Mandela, em Pretória, África do Sul MARKUS SCHREIBER/The Associated Press
Fotogaleria
Retrato. 1º prémio (Estórias). Hannah e Alena, duas irmãs que vivem em Merkenbrechts, Áustria CARLA KOGELMAN
Fotogaleria
Retrato, 1º prémio. Rapazes albinos cegos numa escola, Índia BRENT STIRTON/Getty Images
Fotogaleria
Retrato, 2º prémio. Ali e a mãe, Cairo, Egipto DENIS DAILLEUX/Agence VU
Fotogaleria
Natureza, 3º prémio (estórias). Fêmea de chimpanzé-pigmeu no Parque Nacional de Salonga, República Democrática do Congo CHRISTIAN ZIEGLER/National Geographic Magazine
Fotogaleria
Natureza, 1º prémio (estórias). Um puma no Parque Griffith, Los Angeles STEVE WINTER/National Geographic

Atrai-nos um olhar distante num rosto carregado. Surpreende-nos a resistência e o esforço dos músculos que sobressaem no corpo suspenso da atleta sueca de heptatlo, Nadja Casadei.

O seu fotógrafo, Peter Holgersson, apresenta-nos um conjunto de quatro fotos em que o preto e branco, melancólico, sublinha uma luta em duas frentes, ambas por um primeiro lugar: a competição contra a atleta da Finlândia e a batalha contra o cancro. A força da mensagem veiculada concede ao fotógrafo o 1º prémio na categoria Histórias de Desporto do concurso World Press Photo e pode ser vista a partir de quarta-feira no Museu da Electricidade, em Lisboa.

Além da fotografia vencedora do World Press Photo de John Stanmeyer, que vemos logo depois de subir as escadas da antiga Central Tejo, e da de Holgersson, podem também ser vistas perto de 130 fotografias das obras de outros 51 fotógrafos distribuídas pelas nove categorias do concurso.

Depois de comentar a foto de Stanmeyer - "uma história concreta", mas ambígua, que pode parecer a celebração da passagem do ano mas que representa afinal migrantes africanos a tentar apanhar o sinal de telemóvel na costa do Djibuti -, Femke van der Valk destacou o 1º prémio na categoria Natureza da autoria do fotógrafo da National Geographic, Steve Winter, que captou um puma no Griffith Park, mostrando o regresso destes felinos ao Oeste dos Estados Unidos nos últimos anos. Steve Winter, contou, levou 12 meses para apanhar o puma retratado.

A fotografia de Chris McGrath, capturada em Novembro de 2013 nas Filipinas, foi a vencedora do 1º prémio na categoria Notícias em Geral, mostrando a devastação causada pela passagem do tufão Haiyan mas também a esperança metaforizada pelos filipinos que fazem fila, tentando sair do país, sob um reconfortante arco-íris, conta o fotógrafo numa entrevista que pode ser ouvida através de uma aplicação desenvolvida para smartphones. A aplicação, que orienta o visitante pela exposição, pode ser descarregada de forma gratuita através do site da World Press Photo.

A comissária da exposição salientou também a fotografia com que Markus Schreiber concorreu enquanto foto singular para a categoria de Retratos Observados. O olhar decepcionado e triste de uma mulher no terceiro dia do velório do  antigo presidente da África do Sul, Nelson Mandela, valeu ao fotógrafo o 1º prémio desta categoria.

Os projectos de longa duração foram também salientados por Femke van der Valk, nomeadamente o do fotógrafo Peter von Agtmael, que recebeu o 2º prémio da categoria Retratos Observados, pelo acompanhamento do quotidiano de Bobby Henline, um sobrevivente do Iraque de 42 anos, que usa os seus ferimentos e experiência na guerra para fazer stand up comedy.

À edição deste ano do concurso World Press Photo concorreram 5754 fotógrafos de 132 nacionalidades, tendo sido avaliadas perto de cem mil fotografias.

O resultado da bilheteira da exposição do Museu da Eletricidade (cada bilhete custa dois euros) reverterá para o projecto Unidades Móveis de Apoio ao Domicílio (UMAD), da Fundação Gil, uma iniciativa que apoia crianças doentes.

Editado por Isabel Salema

Sugerir correcção