Jovens do Ensino Básico plantam dez mil alfaces para oferecer aos mais carenciados

Projecto conta também com uma campanha de recolha que será aberta ao público.

Foto
Nuno Oliveira

Cerca de 800 crianças de várias escolas da zona de Lisboa estão desde esta terça-feira a plantar dez mil alfaces na Tapada da Ajuda, em Lisboa, para entregar ao Banco Alimentar Contra a Fome.

A primeira parte da iniciativa, reservada aos alunos do ensino básico que serão orientados por alunos do Instituto Superior de Agronomia, decorre todo o dia na Tapada da Ajuda. A segunda fase, a Festa da Colheita, acontecerá no dia 31 de Maio e estará aberta a todos os que queiram participar.

A iniciativa é do Instituto Superior de Agronomia (ISA), Vitacress, Verde Movimento, AlumnISA, em parceria com a Câmara Municipal de Lisboa, e prevê oferecer as alfaces recolhidas ao Banco Alimentar Contra a Fome, para serem posteriormente distribuídas pelos mais carenciados. O SolidarISA, um projecto dos alunos do ISA, apoia esta experiência que é também uma oportunidades para que os alunos participantes possam pôr em prática os conteúdos aprendidos nas licenciaturas.

Os voluntários que participem na segunda fase da iniciativa recolherão as dez mil alfaces plantadas e podem ainda visitar um mercado de produtos tradicionais portugueses, assim como participar gratuitamente em vários workshops sobre sustentabilidade, alimentação saudável e bem-estar.

Editado por Ana Fernandes