Assaltantes levam 250 mil euros em relógios e jóias da casa de Quaresma

Suspeitos, ainda por identificar, aproveitaram a altura em que o jogador do FC Porto estava no jogo contra o Benfica no Estádio do Dragão. Levaram colecção de relógios em ouro.

Quaresma tem motivos para estar aborrecido
Foto
Quaresma tem motivos para estar aborrecido Marcelo del Pozo/Reuters

A casa do jogador do FC Porto, Ricardo Quaresma, em Gulpilhares, Vila Nova de Gaia, foi assaltada domingo tendo sido levados artigos avaliados em 250 mil euros. Os artigos furtados são um colecção de relógios em ouro do jogador, jóias e artigos desportivos, entre os quais sapatilhas, disse ao PÚBLICO fonte policial.

O assalto terá ocorrido entre as 17h15 e as 23h00, na rua António Sérgio, e a polícia acredita que os suspeitos aproveitaram precisamente o período temporal em que o jogador se encontrava no jogo frente ao Benfica para a meia-final da Taça da Liga, no Estádio do Dragão.

De acordo com a polícia, os assaltantes – em número que continua desconhecido – escalaram um muro, arrombaram a persiana de uma das janelas das traseiras da habitação e entraram após partirem um vidro. Várias divisões da casa foram também remexidas pelos suspeitos.

Foi o próprio jogador que alertou a PSP às 00h45 quando chegou a casa e se deparou com os sinais do assalto. A polícia enviou de imediato um carro patrulha e estiveram no local, entretanto, agentes da Divisão de Investigação de Criminal (DIC) da PSP do Porto.

Fonte da DIC, que vai prosseguir com a investigação ao caso, revelou ao PÚBLICO que até agora não foram identificados quaisquer suspeitos.