Morreu Hernâni Gonçalves, conhecido como “professor bitaites”

Antigo preparador físico da selecção de futebol, do FC Porto e do Boavista.

Foto

Foi em Bragança, a 8 de Setembro de 1940, que nasceu Hernâni Gonçalves. Já na adolescência, rumou ao Porto para prosseguir os estudos, tendo posteriormente estendido o seu percurso de formação a Lisboa, Bruxelas e Madrid. Concluiria a licenciatura em Educação Física e especializar-se-ia em Desporto de Alto Rendimento para, mais tarde, ainda se aventurar num curso de treinador.

Na década de 1970 deu entrada no FC Porto, para trabalhar com José Maria Pedroto, técnico com o qual enriqueceu o currículo, ao conquistar sete Taças de Portugal e oito campeonatos. E foi com Pedroto que rumou mais tarde ao Boavista e à selecção nacional, à qual voltaria já sob o comando de António Oliveira, no Euro 1996.

Fora dos relvados, Hernâni Gonçalves, que era militante socialista, foi também vereador na Câmara Municipal do Porto, com o pelouro da Qualidade de Vida, quando esta foi presidida por Fernando Gomes (PS), actual administrador da SAD do FC Porto. E foi ainda comentador desportivo em vários órgãos de comunicação, tendo durante muito tempo feito parte do painel do programa Liga dos Últimos, da RTP.

O termo “bitaite” foi muitas vezes utilizado pelo próprio, que costumava dizer aos amigos: “Vou escrever o meu bitaite”, referindo-se a uma crónica que tinha no Jornal de Notícias.

O corpo de Hernâni Gonçalves estará em câmara ardente a partir das 16h deste sábado, na Igreja do Foco, no Porto, realizando-se no domingo, pelas 15h, na mesma igreja, a missa de corpo presente. O funeral será no crematório de Matosinhos.