Arbitragem desta época não agradou a Vítor Pereira

Presidente do Conselho de Arbitragem garantiu profissionalização total dos árbitros de primeira categoria na próxima temporada.

Vítor Pereira critica Mário Figueiredo
Foto
Vítor Pereira criticou arbitragem da actual época Carlos Lopes

Vítor Pereira, presidente do Conselho de Arbitragem da Federação Portuguesa de Futebol (FPF), admitiu esta quinta-feira, no X Congresso de Futebol, que está a decorrer no ISMAI, na Maia, que não ficou "satisfeito" com a arbitragem esta época.

"Os desempenhos globais ficaram aquém das expectativas. Admito que houve um conjunto de factores, como por exemplo a própria competitividade, que motivou ter havido desempenhos menos bem conseguidos", explicou Vítor Pereira.

Para além disso, o presidente do Conselho de Arbitragem da FPF garantiu que todos os árbitros de primeira categoria serão profissionais.

"Queremos que na próxima época todos os 21 árbitros do quadro profissional sejam profissionais. O projecto que está em cima da mesa visa que todos os 21 árbitros, com excepção dos dois que vão atingir o limite de idade [Olegário Benquerença e Paulo Baptista] estarão no projecto profissional, estando disponíveis 16 horas por semana mais os jogos aos fins de semana", referiu ainda.