Google Glass à venda por um dia nos EUA

Óculos vão ser vendidos no dia 15 de Abril mas apenas em território norte-americano.

Foto
Os Google Glass apenas estão disponíveis nos EUA e para investigadores e programadores Nicholas KAMM/AFP

O Google Glass, óculos de realidade aumentada com ligação à Internet desenvolvidos pelo Google, vão estar disponíveis apenas em território norte-americano. “Ainda não estamos preparados para levar o Glass até outros países”, escreve o Google em comunicado.

O acesso aos óculos é reservado exclusivamente a investigadores da área da tecnologia e programadores e por 1500 dólares pode encomendar-se um exemplar através do "Glass explorer edition".

Na terça-feira, e por um dia apenas, qualquer pessoa, maior de 18 anos, nos Estados Unidos, pode adquirir um par e escolher a cor da armação. O Google diz apenas que a venda terá início às 09h locais, mas não indica até que horas está activa.

A empresa informa que o número de óculos é limitado e aconselha os interessados a inscreverem-se numa espécie de página de alarme para não deixarem de passar o dia.

“Estamos a expandir-nos pouco a pouco e a experimentar várias formas de trazer novos exploradores para o programa [do Google Glass]”, diz o motor de busca, que pretende conseguir com esta venda mais críticas ao seu produto e a partilha de opiniões sobre o funcionamento dos óculos.

O Google apresentou pela primeira vez um protótipo do Glass a cerca de três anos. No Verão de 2012, era anunciado que iria ser comercializado no ano seguinte, mas a data tem sido adiada e continua indefinida.

Durante esse período, têm vindo a ser anunciadas melhorias na tecnologia dos óculos e mais recentemente que o seu design vai ficar nas mãos do grupo italiano Luxottica, responsável pelas marcas Ray-Ban e Oakley.

Sugerir correcção
Comentar