Torne-se perito

Governo diz que eventual alívio fiscal não está a ser apreciado nesta fase

Luís Marques Guedes anunciou ontem que "a figura a usar para as rescisões será a portaria"
Foto
Luís Marques Guedes Daniel Rocha

O ministro da Presidência e dos Assuntos Parlamentares, Luís Marques Guedes, disse nesta quinta.feira que um eventual alívio fiscal em 2015 não é uma matéria que esteja a ser apreciada “nesta fase” em Conselho de Ministros.

“Não é matéria que esteja a ser apreciada pelo Conselho de Ministros nesta fase”, disse o governante, na conferência de imprensa que se seguiu à reunião ministerial de hoje.

Marques Guedes foi questionado sobre notícias de hoje onde é avançado que o Governo estuda uma redução de impostos para o próximo ano.

Sobre matérias fiscais referentes a 2015, Marques Guedes diz que estas serão analisadas aquando da discussão do Orçamento do Estado (OE) para 2015, “o que é uma coisa que não esteve, nem está, em cima da mesa” do Conselho de Ministros.

Sugerir correcção