Em Maio, Kruella D'Enfer inaugurou na Suíça a sua primeira exposição individual fora de Portugal kruelladenfer.tumblr.com
Foto
Em Maio, Kruella D'Enfer inaugurou na Suíça a sua primeira exposição individual fora de Portugal kruelladenfer.tumblr.com

Kruella D'Enfer e Akacorleone brilham no escuro

Em "Midnight Boom", os dois artistas portugueses apresentam trabalhos que serão apenas visíveis no escuro. Exposição abre ao público sexta-feira em Paris

Os artistas portugueses Kruella D'Enfer e AkaCorleone participam este mês, em Paris, França, numa exposição colectiva de ilustração, onde alguns dos trabalhos serão visíveis apenas no escuro, foi anunciado esta quarta-feira. "Midnight Boom", que abre ao público na sexta-feira, junta o trabalho de dez artistas, dois portugueses e oito franceses, que, nos últimos três anos, participaram num projecto da revista alternativa francesa La Faabrïk, adianta o texto de apresentação da mostra.

A revista, refere o documento, foi criada em 2011 à volta de um "conceito simples: dar máquinas fotográficas descartáveis a artistas, com o objectivo de descobrir o seu quotidiano", criando assim uma "nova forma de se fazer entrevistas, uma alternativa original ao esquema pergunta-resposta".

Os dez artistas escolhidos foram convidados a criar "uma obra única", composta por duas ilustrações, sob o tema "o dia e a noite". A primeira ilustração é visível à luz do dia e a segunda, feita com recurso a tinta fosforescente (que brilha no escuro), só será visível na escuridão total. Para que estas ilustrações sejam visíveis, "a galeria estará regularmente completamente às escuras". Além dos portugueses Kruella D'Enfer e Akacorleone, participam também na exposição os franceses Ilk, Grems, Supakitch, Koralie, Ugo Gattoni, McBess, Alëxone, Fortifem. "Midnight Boom" estará patente de 4 a 26 de Abril na galeria L'Attrape Rêve, em Paris.

PÚBLICO -
Foto

Kruella D'Enfer e Aka Corleone pintaram paredes em Banguecoque, na Tailândia, em Março do ano passado, a convite da organização do festival internacional de "street art" (arte urbana) Bukruk. A participação de ambos no Bukruk consistiu na pintura individual de um mural na rua durante cinco dias e na participação numa exposição colectiva no Centro Cultural de Banguecoque, com trabalhos realizados previamente, desde obras originais a livros e esculturas.

Em Maio, Kruella D'Enfer inaugurou na Suíça a sua primeira exposição individual fora de Portugal, na mesma galeria onde Akacorleone tinha exposto no ano anterior. Em Outubro, ambos fizeram parte do grupo de 11 portugueses que participaram no Tour13, que consistiu na "ocupação" de um edifício abandonado em Paris, por mais de 100 artistas urbanos de todo o mundo. O prédio, de dez andares, foi entretanto demolido.

Sugerir correcção