Unicer aumentou vendas de cerveja em Portugal em 2013, o que não acontecia há uma década

Vendas líquidas caíram 20 milhões de euros, para 463 milhões de euros.

João Abecassis substituiu Pires de Lima como CEO da Unicer
Foto
João Abcasis, presidente executivo da Unicer. FERNANDO VELUDO/nfactos

A Unicer registou em 2013 o primeiro crescimento de vendas de cerveja em Portugal face ao ano anterior, o que não acontecia desde 2004, ano do Europeu de Futebol, mas ainda assim sem conseguir compensar a queda de exportações para Angola.

As vendas de cerveja em Portugal cresceram seis milhões de euros, o que não dá para compensar a queda de 33 milhões de euros nas exportações para Angola, que se ficaram pelos 150 milhões de euros.

João Abecasis, presidente executivo (CEO) da cervejeira, justificou a queda para aquele mercado com alterações administrativas e alfandegárias, que já não se fizeram sentir na segunda metade do ano e não se verificam actualmente.

A cervejeira registou no último exercício, vendas líquidas de 463 milhões de euros, menos 20 milhões do que no ano anterior, particularmente influenciada pelo mercado angolano.

O ano de 2013 ficou marcado por um crescimento de 50% nas vendas em novas geografias, designadamente no Brasil, Moçambique e Arábia Saudita, que ascenderam a 2,2 milhões de euros.

No dia em que comemora 50 anos do arranque do centro de produção de Leça do Balio, em Matosinhos, a Unicer anunciou também que os resultados líquidos caíram para 27 milhões de euros, menos um milhão do que em 2012. O EBITDA manteve-se estável, em 78 milhões de euros.