Manifestação da Frente Comum acabou sem incidentes

Manifestantes da Frente Comum tentaram subir a escadaria da Assembleia da República, mas foram travados por dezenas de elementos das forças policiais.

Fotogaleria
A Frente Comum saiu à rua esta tarde em Lisboa Enric Vives-Rubio
Fotogaleria
A manifestação acabou sem incidentes Enric Vives-Rubio

A manifestação promovida pela Frente Comum e que esta tarde reuniu milhares de pessoas junto ao Parlamento terminou pelas 18h00, sem incidentes, depois de alguns manifestantes terem tentado subir a escadaria da Assembleia da República.

À medida que os participantes se iam concentrando junto à escadaria do edifício, algumas dezenas de manifestantes que participavam na manifestação promovida pela Frente Comum tentaram subir a escadaria da Assembleia da República, mas foram travados por dezenas de elementos das forças policiais.

Os manifestantes gritavam como palavra de ordem "O povo unido jamais será vencido".

Centenas de pessoas iniciaram pelas 15h30, no Príncipe Real, em Lisboa, o desfile em protesto promovido pela Frente Comum dos Sindicatos da Administração Pública, contra a austeridade e para exigir a demissão do Governo, com fim previsto na Assembleia da República.

Os manifestantes exigem ao executivo a reposição dos cortes nos salários e nas pensões, bem como a reposição das 35 horas de trabalho semanal e a reivindicação da aplicação dos Acordos Coletivos de Entidade Empregadora Pública (ACEEP), assinados entre os sindicatos e as autarquias e que aguardam a promulgação do Ministério das Finanças para que possam ser aplicados, permitindo a manutenção das 35 horas, contra as 40 horas semanais em vigor na administração pública.