Fotogaleria
A estante é feita com caixas de plástico do Ikea DR
Fotogaleria
DR

Ikea Hackers, a “comunidade de loucos fãs do Ikea” que dá uma segunda vida às peças suecas

É um agregador de talento de quem transforma móveis simples do Ikea em peças personalizadas. Há ideias para todos os gostos e mais de 100 mil pessoas já seguem o projecto no Facebook

Pode ser simplesmente pintar ou adicionar um enfeite ou pode ser uma operação complexa com muita criatividade à mistura. O site Ikea Hackers é o ponto de encontro de ideias originais de fãs da marca sueca, que transformam móveis simples em peças personalizadas e surpreendentes.

Jules Yap (o nome é um pseudónimo, avisa a jovem, que segundo o perfil público vive na Malásia, em Kuala Lampur) teve a ideia a meio de uma busca na internet por “Ikea hacks”, em Maio de 2006. “Vi que havia muitas ideias surpreendentes perdidas na Internet e pensei como seria bom se eu pudesse encontrá-las todas num só lugar”, explica no site.

Primeiro num blogue, que continua activo, a partir de 2013 num site desenhado pela própria criadora, o Ikea Hackers funciona como um agregador e foi-se transformando numa “comunidade de loucos fãs do Ikea”, onde todos podem partilhar as suas criações a partir do mobiliário sueco e procurar ideias para novos projectos. 

PÚBLICO -
Foto
Este moderno aparador foi feito a partir de uma expedit do Ikea DR

Mais de três mil criações já foram partilhadas no site e no Facebook a comunidade de seguidores ultrapassou recentemente as 100 mil pessoas. 

PÚBLICO -
Foto
Das molduras é possível fazer quadros criativos com peças Lego DR

Uma comunidade aberta a todos

Pelo site, há muitas e inesperadas peças: uma expedit transformada num moderno aparador, num móvel de aspecto vintage ou num bar caseiro (eleito o Ikea Hack of the Year 2013 pelos utilizadores); uma simples mesa de cinco euros modificada para funcionar como uma montra para posters ou uma mesa transformada em banco para crianças; beliches normais disfarçados de casas de árvore ou personalizados com os heróis dos mais pequenos. 

Depois de se registar no Ikea Hackers, o utilizador pode fazer o upload das suas criações, comentar e participar nos concursos que vão aparecendo, sempre gratuitamente. 

Na categoria Hacks aparecem as criações concretizadas por utilizadores, com fotografias do projecto e uma explicação de como foi feito. Há ideias para zonas da casa como a cozinha, sala de estar ou quarto e também para os espaços dos mais novos e mesmo para os animais lá de casa.

Na secção Ideias é possível ver uma selecção de trabalhos feita pela gestora da página, que a atraem e lhe parecem um “terrível desperdício” se não forem aproveitadas. São também “menos complexas e uma óptima forma de se iniciar na pirataria Ikea”, escreve Jules, que não tem qualquer ligação profissional ao Ikea.