The Brit_2/Flickr
Foto
The Brit_2/Flickr

Óbidos é o segundo melhor "pequeno destino" da Europa

Votação online deu vitória a Ribe, na Dinamarca. Ericeira, a outra vila portuguesa nomeada, ficou em 8.º lugar

A competição "Europe's Best Big-Time Small Destinations", organizada pelo Globalgrasshopper (portal internacional para "viajantes independentes") e a Hotel.info (site de reservas hoteleiras), desenrolou-se este mês, com os votos a fecharem a 14 de Fevereiro. Na batalha pelo título, estavam "aldeias, vilas e pequenas cidades" com "menos de 100 mil habitantes" e fora do turismo mais massificado. Entre as 52 nomeações, duas representantes lusas: Ericeira e Óbidos. Contas feitas, as duas vilas conseguiram ficar no top 10 final, com Óbidos muito perto da vencedora (ficou a 231 votos) e a Ericeira a segurar o 8.º lugar.

A votação nos "pequenos destinos", aberta a todos os internautas, repartia-se pelos dois sites organizadores, onde se encontravam as listas dos nomeados. O busílis era que o sistema de escolha era mano-a-mano, com cada vila ou aldeia a enfrentar directamente outra concorrente europeia.

No caso de Óbidos, a concorrente era a dinamarquesa Ribe, a mais antiga vila da Dinamarca, que se consagraria a vencedora. Mas a batalha foi renhida: 3965 para Ribe, 3734 para Óbidos. No total, segundo a organização, foram recebidos mais de 22 mil votos.

PÚBLICO -
Foto
Daniel Rocha

Em comunicado, a câmara de Óbidos sublinha que “estar entre os melhores pequenos destinos europeus é, por si só, uma grande vitória”, nas palavras do presidente da autarquia, Humberto Marques. “Esta votação, muito renhida, prova que Óbidos é, sem dúvida, um grande destino não só nacional, mas internacional”.

Na competição, Óbidos surgia destacada como "vila fortificada com casas imaculadamente brancas e castelo medieval", sendo detentora de "vistas magníficas". Referia-se ainda o seu valor histórico, contando-se a história de como foi "oferecida" como "presente de casamento" por Dom Dinis à Rainha (Santa) Isabel, iniciando uma tradição real que perdurou nos séculos.

Já sobre a Ericeira, que competia directamente com Narva, na Estónia, o site destacava as suas praias e ondas que a tornam um "paraíso para surfistas", a sua localização na falésia que garante "belas vistas panorâmicas" ou os restaurantes, com "o melhor marisco da região".

Para a autarquia de Óbidos, o segundo lugar conquistado na competição é "mais um importante passo na afirmação da Marca Óbidos enquanto destino de baixa densidade", um destino que "procura afirmar-se enquanto território de excelência, seja na atracção de visitantes, seja de talentos, nomeadamente para fomentar o empreendedorismo".

A escolha dos destinos nomeados para "Best Big-Time Small Destinations" foi feita com base nos "destinos europeus preferidos" dos utilizadores dos portais que organizaram o evento. "Juntos escolhemos 52 pequenas e pitorescas povoações", resumiam. Para a selecção contou também a avaliação feita pelos portais a cada destino em diversas categorias (do número de hotéis à presença em termos de imagens na web, o número de "fãs" de cada destino no Facebook, menções no Instagram ou Foursquare ou a distância do local até ao aeroporto mais próximo). Enquanto os utilizadores escolheram Ribe, o painel de jurados destacou a espanhola Ronda, na província de Málaga, precisamente por conseguir um resultado "quase perfeito" em todas as categorias.