Polémica após primeiro-ministro belga ter sido filmado em tronco nu

Elio Di Rupo surge a trocar de camisa em programa para o canal Vier.

Foto
Imagem divulgada pelo canal RTL TVI RTL TVI

A gravação onde surgem imagens do chefe de Governo, 62 anos, foi feita a 21 de Julho último, dia em que o príncipe Philippe se tornou o sétimo rei da Bélgica após a abdicação do seu pai, Alberto. Perante uma equipa do programa Kroost, do canal Vier, dedicado à vida privada de personalidades belgas, e que teve autorização de Di Rupo para as filmagens, o primeiro-ministro surge a trocar de camisa. O programa deverá ir para o ar na próxima semana e os três segundos de Rupo em tronco nu não terão sido editados. A divulgação antecipada da gravação surgiu no canal de televisão belga RTL TVI, no programa On refait le monde.

A três meses das eleições federais na Bélgica, alguns elementos da oposição à coligação liberal-socialista-centrista de Di Rupo (socialista francófono) e comentadores criticam a postura do primeiro-ministro. Questionam se se tratou de uma jogada política de aproximação aos eleitores ou de um momento pouco ponderado.

No programa onde as imagens foram divulgadas surgiram as primeiras críticas, com, por exemplo, Emmanuelle Praet, uma conhecida jornalista na Bélgica, a considerar “que se trata do cúmulo da indecência” e a questionar “qual a mensagem política de uma tal manobra”.

Alain Destexhe, politico liberal do Movimento Reformista, citado pelo The Telegraph, defende, por sua vez, que se trata de uma situação “ultrajante”. “Tenho vergonha pelo nosso país. Em que país do mundo um chefe de Estado ou primeiro-ministro quereria desvalorizar e banalizar assim as suas funções? Imaginem Obama, Hollande, Rajoy, Merkel ou Cameron despidos perante uma câmara”, comentou.

Um porta-voz do gabinete do primeiro-ministro disse em declarações à edição online do jornal La Libre que Di Rupo não deixou qualquer câmara entrar no seu quarto, como foi avançado pelo RTL, e que o chefe de Governo não está nu. “Ele está simplesmente a trocar de camisa a 21 de Julho”, um dia “quente e histórico de Verão”. Segundo o porta-voz, trata-se de uma situação “respeitosa” da intimidade de Di Rupo, o primeiro líder da União Europeia a assumir publicamente a sua homossexualidade.

Di Rupo não é o primeiro líder a surgir em tronco nu perante câmaras. O Presidente russo, Vladimir Putin, em Julho do ano passado, deixou-se fotografar e filmar quando pescava em tronco nu durante umas férias na Sibéria. Na altura, o Kremlin salientou que se tratou de um momento de “relaxamento e descontracção”. No passado, Putin tinha já sido fotografado na mesma forma quando andava a cavalo.