Ronaldo cancela ida ao Funchal para expor Bola de Ouro no Museu

Vento forte condiciona movimento no aeroporto da Madeira, ilha cujos pontos mais altos estão cobertos de neve.

Cristiano Ronaldo com o troféu em Madrid
Foto
Cristiano Ronaldo com o troféu em Madrid Dani Pozo/AFP

Cristiano Ronaldo cancelou a deslocação ao Funchal, onde este sábado deveria depositar a Bola de Ouro no Museu que abriu há dois meses na sua terra natal. No entanto, o troféu atribuído pela FIFA ao melhor futebolista do mundo em 2013 estará exposto, a partir de segunda-feira, no mesmo espaço onde já está patente a Bola de Ouro conquistada em 2008.

O cancelamento da cerimónia foi motivado pelas adversas condições meteorológicas que condicionam o movimento no aeroporto madeirense, como justifica Ronaldo na sua página do Facebock. "Hoje gostaria de estar presente no Museu CR7 mas infelizmente as más condições atmosféricas não permitiram aterrar no Funchal. De qualquer forma, a partir de amanhã, a Bola de Ouro estará no museu para todos que queiram visitar", escreve o jogador na rede social.

O vento forte obrigou cancelamento de três voos, dois da TAP provenientes de Lisboa e do Porto, e um da Easyjet com origem na capital portuguesa. Também devido ao vento forte um voo da Transavia,  vindo do Porto/Nantes, foi obrigado a divergir para o Porto Santo, onde vai aguardar uma melhoria do tempo.

Os picos altos da ilha da Madeira amanheceram este sábado cobertos de neve, "uma situação que não acontecia desde Março de 2011", como refere director do Observatório Meteorológico do Funchal. Por questões de segurança, o Serviço Regional de Protecção Civil decidiu encerrar uma dezena de estradas de acesso às serras da ilha e recomenda que a população siga "escrupulosamente as indicações transmitidas pelas autoridades no que concerne ao respeito pelo encerramento de estradas, percursos alternativos, sinalização e outras informações". Pede também para "evitar comportamentos de risco que poderão originar acidentes".

O Instituto Português do Mar e da Atmosfera (IPMA) colocou a Madeira sob aviso laranja devido à agitação marítima na costa e sob aviso amarelo por causa da previsão de vento forte e precipitação.