PÚBLICO vence três prémios internacionais de design

A Society for News Design escolheu duas capas do dia da morte de Nelson Mandela e uma fotografia da revista 2.

A capa da revista 2 que venceu um prémio de excelência
Fotogaleria
A foto da revista 2 que venceu um prémio de excelência PÚBLICO
Fotogaleria
A capa da edição de 6 de Dezembro PÚBLICO
Fotogaleria
Capa do suplemento sobre a morte de Nelson Mandela PÚBLICO

O PÚBLICO recebeu três prémios de excelência, atribuídos pela Society for News Design, na edição de 2013. As capas do jornal do dia da morte de Nelson Mandela e do suplemento da mesma edição e uma fotografia da capa da revista 2 foram as escolhidas pelo painel de 22 júris.

A primeira página do jornal de 6 de Dezembro, com o punho fechado de Mandela, venceu na categoria de Cobertura Noticiosa, assim como a capa do suplemento da mesma edição, em que se vê o rosto de Madiba a preto e branco. A fotografia de um pescador de São Tomé e Príncipe na capa da revista 2 de 18 de Agosto, do fotógrafo Daniel Rocha, venceu na categoria de fotografia.

Na 35ª edição dos prémios da Society for News Design concorreram mais de oito mil páginas, fotografias e capas de jornais de todo o mundo. O PÚBLICO, tal como o semanário Expresso, integrou o lote de finalistas do prémio para o jornal mais bem desenhado do mundo. O Expresso venceu dois prémios na edição de 2013.

O júri escolheu cinco jornais para o prémio principal: o sueco Dagens Nyheter, o canadiano The Grid, o britânico The Guardian e os alemães Die Zeit e Welt am Sonntag. Os jornais escolhidos “preparam as suas ofertas com uma mistura de paixão e contenção, picante e textura e qualidade consistente”, afirmou o painel de júris.

A Society for News Design, organização não lucrativa, foi fundada em 1979 e em 1988 juntou-se à NewHouse School of Public Communications da Universidade de Syracuse, que é também responsável, todos os anos, em Fevereiro, pela escolha destes galardões.

Sugerir correcção