francisco_osorio/Flickr
Foto
francisco_osorio/Flickr

PEJENE 2014 traz mais estágios para estudantes

O programa de estágios promovido pela Fundação da Juventude está de volta. As candidaturas decorrem a partir de 2 de Maio para os interessados e até 28 de Abril para as empresas

O PEJENE — Programa de Estágios de Jovens Estudantes do Ensino Superior nas Empresas — está de volta para a 22.ª edição. Promovido pela Fundação da Juventude (FJ), o programa oferece, como o próprio nome indica, estágios destinados a estudantes do ensino superior. Estes devem frequentar o penúltimo ou último ano do ensino superior em qualquer uma das áreas académicas.

As candidaturas ao PEJENE 2014 abrem, numa primeira fase, para empresas ou entidades de acolhimento interessadas em receber estagiários. Decorre até 28 de Abril. Depois, a partir de 2 de Maio, abre para os jovens estudantes interessados em integrar o programa. Em ambos os casos as candidaturas são feitas online.

Cada estudante pode candidatar-se até quatro vagas de estágio, de acordo com as suas preferências, mas a pré-selecção fica condicionada aos requisitos exigidos pela empresa/entidade de acolhimento. Depois, os estudantes serão contactados directamente pelas empresas interessadas, sendo a selecção final da responsabilidade das mesmas. Ainda no acto da candidatura online os estudantes devem submeter um comprovativo de como estão a frequentar o último ou penúltimo ano do ensino superior. Caso não entreguem esse mesmo comprovativo, a candidatura não será validada.

Os estágios desta 22.ª edição do programa realizam-se entre Julho e Setembro e os estagiários dispõem de subsídios de alimentação e de transporte, assim como de um seguro de acidentes pessoais.

Na última edição do programa PEJENE a taxa de empregabilidade foi de 15% (em contratos de full-time ou part-time, estágio profissional e/ou prestação de serviços após a realização do estágio), mas o principal objectivo do programa é, principalmente, ultrapassar a falta de experiência e a pouca preparação para o mundo do trabalho, habitual nos jovens licenciados.

Sugerir correcção