Swansea despede Michael Laudrup

Técnico dinamarquês deixa comando do clube onde tinha chegado em 2012.

O Swansea deixou cair Laudrup
Foto
O Swansea deixou cair Laudrup Eddie Keogh/Reuters

Michael Laudrup já não é treinador do Swansea. O emblema galês anunciou nesta terça-feira o despedimento do técnico dinamarquês de 49 anos, que na temporada passada levou o Swansea à vitória na Taça da Liga inglesa

“É uma decisão que tomámos com relutância. Mas é no melhor interesse do Swansea e dos nossos adeptos”, afirmou o presidente do clube, Huw Jenkins, citado no comunicado oficial do emblema galês. “Esta é a primeira vez em quase dez anos que o clube despede um treinador desta maneira, mas tínhamos de afastar a incerteza permanente em torno do futuro a longo prazo do Michael”, acrescentou o mesmo responsável.

O Swansea ocupa o 12.º lugar na classificação da Premier League, com 24 pontos – mais dois do que o West Ham, a primeira equipa na zona de despromoção. Os galeses venceram apenas um dos últimos dez encontros no campeonato, tendo ainda sofrido seis derrotas e três empates.

“Após reflectir longamente sobre o melhor rumo para o clube, senti que era improvável que conseguíssemos um ambiente estável para o clube [com Michael Laudrup] que nos levasse de volta ao nível de exibições que o Swansea proporcionou nos últimos anos. Agora temos de deixar a incerteza para trás e seguir em frente como um clube unido, agradecendo ao Michael pelo trabalho que fez durante estes 18 meses”, sublinhou Huw Jenkins.

O comunicado do Swansea esclarece ainda que Garry Monk, o capitão da equipa, vai substituir Laudrup no banco de suplentes. A estreia será já no sábado, frente aos rivais do Cardiff City.