Beckham quer voltar ao futebol mas desta vez sem chuteiras

A antiga estrela quer criar um clube para competir na MLS em parceria com o basquetebolista LeBron James.

LeBron James fala com Beckham durante um jogo dos Miami Heat no início do mês
Foto
LeBron James fala com Beckham durante um jogo dos Miami Heat no início do mês Stan Honda/AFP

Depois de brilhar nos relvados, David Beckham quer passar para a tribuna presidencial. Nesta quarta-feira, o ex-jogador inglês vai apresentar os planos para a fundação de uma equipa de futebol na Florida, segundo a imprensa norte-americana.

O desejo de Beckham – que passou pelos LA Galaxy entre 2007 e 2012 – de ser dono de uma equipa da Major League Soccer (MLS) já era conhecido mas pode, a partir de quarta-feira, começar a ganhar forma. O inglês vai contar com um parceiro de peso, e altura, a estrela da NBA, LeBron James.

O próprio contrato do ex-jogador com os LA Galaxy previa que Beckham pudesse adquirir uma equipa por 25 milhões de dólares (18 milhões de euros), um preço abaixo do mercado.

Já o basquetebolista dos Miami Heat é um conhecido adepto da modalidade e tem até uma participação na sociedade que detém o Liverpool.

A ideia da antiga estrela do Manchester United é criar uma equipa no sul da Florida mas, embora a MLS tenha projectos no mesmo sentido, o processo pode tornar-se longo. A fundação de um novo clube tem de ser acompanhado de planos para a construção de um estádio e, segundo o New York Times, Beckham ainda não mencionou esse assunto. A conferência de imprensa desta quarta-feira pode servir para isso mesmo.

A MLS tem interesse em expandir-se para a Florida, estado que já contou com dois clubes no passado: o Tampa Bay Mutiny e os Miami Fusion. Ambos abandonaram a MLS em 2001 por causa da dificuldade em atrair fãs e em competir com outros desportos mais populares.

Se o processo avançar, a equipa de Beckham e LeBron só irá dar o pontapé de saída em 2016 mas se depender do talento desportivo dos seus donos pode bem sonhar com muitos títulos.