Eric Lawson, mais um Marlboro Man perdeu a vida por causa do tabaco

Actor tinha 72 anos e fumava desde os 14. Foi na década de 1970 que deu cara ao famoso cowboy da marca.

Foto
DR

Eric Lawson morreu no passado diz 10 de Janeiro, mas a notícia do óbito do actor que protagonizou os anúncios nos anos 1970 só agora foi divulgada pelos meios de comunicação social norte-americanos.

Lawson, que começou a fumar com 14 anos e que mesmo quando recentemente lhe diagnosticaram uma doença pulmonar obstrutiva crónica não se conseguiu afastar do fumo, junta-se assim a David McLean, que morreu com cancro do pulmão em 1995, e a David Millar, que teve um enfisema em 1987. Houve mais um nome de uma das caras da marca cuja morte chegou a ser associada ao tabagismo, mas o caso nunca ficou provado.

Todos tinham em comum o facto de serem fumadores e de terem partilhado a imagem clássica do cowboy da Marlboro, de cigarro ao canto da boca, a transmitir virilidade e força, desde que surgiu pela primeira vez nos anos 1950 para promover os cigarros com filtro e mostrar que não eram coisa de senhoras.

Como actor, Lawson participou ainda em vários filmes e séries televisivas, como Charlie's Angels, Dynasty, The A-Team ou Baywatch. Segundo avançou a sua mulher ao Washington Post, a carreira do actor terminou depois de uma lesão num filme em 1997.