Onze ateliers portugueses entre os finalistas para o prémio de Edifício do Ano 2014

Resultados da votação online são conhecidos dia 31. Álvaro Siza, Inês Lobo ou Luís e Tiago Rebelo de Andrade entre os finalistas.

Fotogaleria
Interior do quartel de bombeiros de Santo Tirso NELSON GARRIDO
Fotogaleria
Exterior do quartel de bombeiros de Santo Tirso NELSON GARRIDO
Fotogaleria
As casas na árvore no Parque das Pedras Salgadas DR
Fotogaleria
O projecto de Inês Lobo DR
Fotogaleria
O Chalé das Três Esquinas DR
Fotogaleria
Projecto da escola de Sever do Vouga DR

O site de arquitectura mais visitado do mundo já encontrou os finalistas para as suas 14 categorias que vão apurar o Edifício do Ano 2014 e entre os 70 nomes estão onze ateliers portugueses. Entre os escolhidos pelos leitores do ArchDaily figura Álvaro Siza e o seu quartel de bombeiros de Santo Tirso e as casas na árvore de Luís e Tiago Rebelo de Andrade no Parque das Pedras Salgadas, cujo Eco Resort foi considerado no ano passado o melhor edifício de hotelaria pelo mesmo site.

Visitado diariamente por 300 mil utilizadores únicos, o Arch Daily divulgou esta quarta-feira os candidatos à eleição dos 14 edifícios mais importantes do ano passado. Na categoria de arquitectura educativa está nomeado o atelier português Pedro Domingos Arquitectos pelo projecto da Escola Básica e Secundária de Sever do Vouga e o atelier CVDB arquitectos pela Escola Secundária Braamcamp Freire na Pontinha, em Lisboa. Quanto à categoria arquitectura de saúde, entre os cinco finalistas surge o atelier Aires Mateus com as residências assistidas de Alcácer do Sal e na arquitectura de hotelaria há dois gabinetes portugueses na corrida – a Carvalho Araújo, Arquitectura e Design pelo projecto da casa de hóspedes De Lemos em Passos de Silgueiros e as casas na árvore de Luís Rebelo de Andrade + Tiago Rebelo de Andrade que complementam o seu projecto para o Parque das Pedras Salgadas, onde fica o Eco Resort premiado em 2013.

Na categoria de arquitectura cultural, o atelier Future Architecture Thinking é finalista com o seu projecto para a Casa das Artes de Miranda do Corvo. Já na secção de habitação, Inês Lobo concorre com outros quatro ateliers com o projecto para 18 fogos na Banda do Bom Sucesso, junto ao lago de Óbidos. Mais um atelier português, o Consexto, está nomeado na secção de interiores pelo projecto do seu laboratório na Avenida da Boavista, no Porto. O nome mais sonante do rol de portugueses a concurso é o do Pritzker Álvaro Siza, que surge na categoria de arquitectura pública pelo seu projecto para o quartel de bombeiros de Santo Tirso. No restauro e requalificação a Tiago do Vale Arquitectos concorre com a sua transformação do chalet das Três Esquinas na zona da Sé, em Braga, a par do atelier Comoco pelo trabalho no N10-Eiras, um pavilhão desportivo na região de Coimbra.

No ano passado foram dez os projectos portugueses finalistas na eleição que o ArchDaily realiza desde 2009 e que é feita a partir de uma listagem que inclui todos os projectos publicados no site durante o ano anterior e que depois é analisada e votada por arquitectos e visitantes registados no site. Ultrapassada esta primeira fase e encontrados os 70 finalistas em categorias tão diferentes quanto a arquitectura industrial ou a de saúde entre mais de 3500 projectos de todo o mundo, os utilizadores do site podem agora votar e decidir os vencedores, que serão anunciados a 31 de Janeiro.

Em 2013, entre os melhores 14 edifícios do mundo foi escolhido o Pedras Salgadas Eco Resort, em Vila Pouca de Aguiar, projectado pela dupla Luís Rebelo de Andrade e Diogo Aguiar e no ano anterior foram distinguidos na final a Capela Árvore da Vida em Braga, da MIMA House em Viana do Castelo e da sede da Associação Fraunhofer no Porto. Em 2011, os utilizadores do ArchDaily elegeram entre os melhores do ano o edifício da Vodafone no Porto, o bar temporário que representou a Faculdade de Arquitectura da Universidade do Porto na Queima das Fitas e a Closet House, de Matosinhos.

Notícia actualizada às 16h28 de dia 23 com informação sobre projecto do atelier Comoco