Pedro Proença nomeado para o Mundial 2014

É a estreia do árbitro português num campeonato do mundo.

Foto
Proença já tem no currículo a final do Euro 2012 REUTERS/Nigel Roddis

Pedro Proença e os auxiliares Bertino Miranda e Tiago Trigo integram a lista final de 25 equipas de arbitragem para o Mundial 2014 de futebol, que se disputará no Brasil, anunciou a FIFA nesta quarta-feira.

O árbitro lisboeta estreia-se num campeonato do mundo, mas já tem no currículo a final do Euro 2012, entre a Espanha e a Itália, que os espanhóis venceram por 4-0, e o jogo decisivo da edição de 2011/2012 da Liga dos Campeões, ganha pelo Chelsea ao Bayern de Munique no desempate por grandes penalidades.

"Os árbitros para o Mundial 2014 foram escolhidos essencialmente pela personalidade, qualidade de interpretação do jogo e do comportamento das equipas, inclusive no plano táctico", explicou a FIFA em comunicado.

Na lista final divulgada nesta quarta-feira, a Europa lidera os nomeados, com nove equipas de arbitragem. Entre os juízes europeus figuram o italiano Nicola Rizzoli e o inglês Howard Webb, que, nas últimas épocas, têm repartido com Pedro Proença o protagonismo na arbitragem europeia.

Tal como o árbitro português, também Rizzoli se estreia numa fase final de um Mundial, mas já leva para o Brasil um currículo com a última final da Champions, ganha pelo Bayern de Munique ao Borússia de Dortmund.

Nesta temporada, o italiano foi o árbitro do jogo entre Portugal e a Suécia (1-0), da primeira mão dos play-off de apuramento ao Mundial 2014, e também dirigiu o jogo entre o Paris Saint-Germain e o Benfica, da fase de grupos da Liga dos Campeões, que os franceses venceram por 3-0.

O inglês Webb foi o árbitro da final do Mundial 2010, na África do Sul, vencida pela Espanha, depois de bater a Holanda por 1-0. Antes, tinha arbitrado a final da Liga dos Campeões, entre Inter de Milão, na altura orientado por José Mourinho, e Bayern de Munique. Venceram os italianos por 2-0, naquele que seria o segundo título europeu de Mourinho, depois da conquista de 2004 ao serviço do FC Porto.

Depois da Europa, segue-se a América do Sul nesta lista final da FIFA, com cinco equipas de arbitragem, entre elas a comandada pelo brasileiro Sandro Meira Ricci. Depois a Ásia, com quatro equipas de arbitragem, África e América do Norte, Central e Caraíbas, com três cada, e Oceânia, com uma, completam as escolhas para o Mundial 2014.

A FIFA explica que os árbitros nomeados vão agora participar em três seminários: o primeiro já em Fevereiro, o segundo em Março e o último "dez dias antes do pontapé de saída para o Mundial".
"Os árbitros e seus auxiliares serão seguidos e monitorizados regularmente nesse período e a FIFA disponibilizará todo o apoio para que todos possam preparar da melhor forma a sua participação no Mundial 2014."