A campanha, da plataforma PPL, é válida até 7 de Janeiro de 2014 DR
Foto
A campanha, da plataforma PPL, é válida até 7 de Janeiro de 2014 DR

Blasted Mechanism estão à procura de oito mil euros

Para financiar a edição do próximo álbum, os Blasted Mechanism pedem oito mil euros em campanha de "crowdfunding" e iniciam nova digressão

O grupo português Blasted Mechanism inicia hoje em Guimarães uma digressão pelo país para financiar a edição do próximo álbum, a editar em Março, numa altura em que se prepara para cumprir 20 anos de carreira.

A banda rock, que ao vivo se apresenta sempre com máscaras e indumentária especial, explica em comunicado que recorreu ao "crowdfunding" para angariar oito mil euros, com o objectivo de financiar a edição do próximo álbum e criar novo material cénico e fatos para os concertos. A campanha está alojada na plataforma PPL e o grupo tem até 7 de Janeiro de 2014 para atingir o valor proposto.

Além da angariação de fundos pela Internet, agendaram cinco actuações — entre 26 de Dezembro e 4 de Janeiro — para reunir mais verbas para o novo álbum.

Esta quinta-feira actuam no Centro de Artes e Espectáculos de Guimarães, na sexta-feira no Plano B (Porto), no sábado no Musicbox (Lisboa). A 3 de Janeiro apresentam-se no Salão Brazil (Coimbra) e no dia 4 no Bafo de Baco (Loulé).

Os bilhetes têm um valor mínimo de cinco euros e os cinco concertos terão a particularidade do colectivo se apresentar sem máscaras e sem fatos. Os Blasted Mechanism são um sexteto, mas nestas cinco atuações apresentam-se numa formação em trio — com Guitshu (voz), Valdjiu (bambuleco, kalachakra) e Zymon (guitarra eléctrica, cítara elétrica, teclados) —, com a participação especial de N'Sekt.

O grupo editou até ao momento sete álbuns de originais.