Trabalhadores do Metro de Lisboa em greve parcial no dia 19

Sindicato diz que podem ser marcadas novas greves ainda este mês.

Maior subida foi protagonizada pela Metro de Lisboa
Foto
Maior subida foi protagonizada pela Metro de Lisboa Joana Freitas

Os trabalhadores do Metro de Lisboa cumprem no dia 19 de Dezembro, quinta-feira, uma greve parcial entre as 5h30 e as 9h30 em protesto contra as medidas previstas no Orçamento do Estado (OE), disse nesta terça-feira fonte sindical.

Em declarações à Lusa, Anabela Carvalheira, da Federação dos Sindicatos de Transportes e Comunicações (Fectrans), admitiu que podem ser marcadas novas greves este mês.

A greve do dia 19 vai realizar-se entre as 5h30 e as 9h30 para a generalidade dos trabalhadores e entre as 8h e as 12h30 para os trabalhadores administrativos e técnicos superiores.

Esta é a quarta greve parcial que os trabalhadores do Metro de Lisboa realizam desde Novembro, tendo as estações sido encerradas entre as 6h30 e as 9h30 dos dias 19, 21 e 28.

Entre os motivos para estas paralisações está o decreto-lei 133/2012, que "pretende abrir as portas à concessão da empresa e, uma vez mais, reduzir trabalhadores, reduzir os seus direitos e reduzir a sua remuneração", afirmou Anabela Carvalheira.

Os funcionários do Metropolitano de Lisboa contestam também o OE para 2014, que "visa uma vez mais os trabalhadores do sector empresarial do Estado, com cortes brutais, encaminhando estes trabalhadores para uma situação insustentável", acrescentou a sindicalista.