Bibliotecas Municipais de Lisboa à distância de um smartphone

Novo cartão digital permite requisitar livros pelo telemóvel. Aplicação é gratuita.

Foto
Desde a inauguração, em Junho de 2013, a Biblioteca de Albergaria-a-Velha já recebeu mais de 78 mil visitantes Ricardo Silva

Os utentes da rede de Bibliotecas Municipais de Lisboa (BLX) já podem requisitar livros através do telemóvel, consultar os horários e moradas das bibliotecas, bem como saber os dias e os locais de paragem da biblioteca itinerante.

A BLX lança nesta terça-feira uma aplicação para smartphones ou tablets, designada Cartão BLX e desenvolvida pela consultora Innovagency, que os utilizadores podem descarregar gratuitamente. Em comunicado, a BLX refere que este é o “primeiro cartão digital de um serviço público em Portugal”.

O cartão digital vai juntar-se ao actual cartão em plástico e serve também como forma de identificação dos utentes no acesso às bibliotecas, através de um código de barras. Através da aplicação, os utilizadores podem saber o ponto de situação dos seus pedidos de requisição e quais as datas de devolução.

A rede da BLX inclui 12 bibliotecas espalhadas pela cidade, uma hemeroteca digital, uma biblioteca de jardim e uma carrinha itinerante.