KeroseneAU/Flickr
Foto
KeroseneAU/Flickr

Megafone

ZX Spectrum e os tempos de “loading”

Isto faz já parte da lenda do Spectrum, um sistema que aparentemente tinha tempos de "loading" enormes. Mas seria mesmo verdade? Juntamente com um colega decidimos finalmente investigar o mito

Tiveram um ZX Spectrum? Se sim, a expressão "tempos de loading" terá um grande significado. Mas talvez não tão "grande" como estarão a imaginar. Provavelmente já estão a ver onde vou chegar.

Muitos de vocês talvez já tenham ouvido, ou mesmo afirmado, que os jogos para o Spectrum tinham um tempo de "loading" incrível. Uns dirão que metiam o jogo no leitor de cassetes, seguido da mítica linha de comando «Load “” [enter]», iam almoçar e quando voltavam ainda não tinha entrado! Ou que metiam o jogo, iam para a escola e quando voltavam… nada! Sem contar com as vezes em que o famoso "tape loading error" aumentava o tempo de espera devido as afinações.

Isto faz já parte da lenda do Spectrum, um sistema que aparentemente tinha tempos de "loading" enormes. Mas seria mesmo verdade? Juntamente com um colega decidimos finalmente investigar o mito. Escolhemos dez títulos do ZX Spectrum, incluindo jogos com "Manic Miner", "Jet Set Willy", "Dizzy", "Knight Lore", "Ant Attack", "Match Day", "Ghostbusters", entre outros. Quanto tempo é que demoraram a entrar? Incrivelmente, muitos deles, menos de quatro minutos. Só um jogo deu o famoso "tape loading error" mas, mesmo assim, o seu tempo de "loading" foi abaixo dos seis minutos. Afinal não deu para ir almoçar e voltar — a não ser que o almoço fosse só uma taça de cereais ou uma sande de Tulicreme.

Mas então de onde vem a fama do Spectrum? Porque é que os tempos pareciam enormes? Terei tido azar e testado realmente só jogos com tempos pequenos? Deixo aqui a questão. Certamente que diversas teorias vão existir. Talvez todos juntos possamos decifrar o mistério atrás da lenda "tempos de 'loading' no ZX Spectrum".