Accionista da Jerónimo Martins propõe Pedro Soares dos Santos para presidente

Alexandre Soares dos Santos anunciou em Setembro o pedido de renúncia do cargo.

Pedro Soares dos Santos sucede ao pai
Foto
Pedro Soares dos Santos sucede ao pai Enric Vives-Rubio

A Sociedade Francisco Manuel dos Santos, accionista da Jerónimo Martins, anunciou nesta sexta-feira que vai propor Pedro Soares dos Santos, actual administrador delegado da empresa, para presidente do conselho de administração.

Em comunicado enviado à Comissão do Mercado de Valores Mobiliários (CMVM), a Sociedade Francisco Manuel dos Santos propõe que na próxima assembleia geral de accionistas da Jerónimo Martins, convocada para 18 de Dezembro, seja deliberado nomear "Pedro Manuel de Castro Soares dos Santos para presidente do conselho de administração" do grupo "até ao termo do corrente mandato deste órgão social".

Pedro Soares dos Santos é, assim, o nome proposto para substituir o pai, Alexandre Soares dos Santos, no cargo de presidente do conselho de administração do grupo. Pedro Soares dos Santos deverá passar a acumular as funções de administrador delegado e presidente do conselho de administração.

Pedro Soares dos Santos entrou no Pingo Doce em 1983, tendo desde então desempenhado vários cargos no grupo. Entre 1999 e 2000 assumiu a gestão das operações na Polónia e no Brasil e, um ano depois, tornou-se responsável pela área de distribuição em Portugal. É administrador da Jerónimo Martins desde 1995 e assumiu o as funções de administrador delegado em Abril de 2010.

A 24 de Setembro, Alexandre Soares dos Santos anunciou o pedido de renúncia do cargo, considerando "ter chegado ao fim a trajectória" que tinha iniciado há 45 anos.

Na altura, Alexandre Soares dos Santos explicou que depois de sair do cargo pretende dedicar-se à presidência do conselho de administração da sociedade Francisco Manuel dos Santos e da Fundação Francisco Manuel dos Santos.
A Sociedade Francisco Manuel dos Santos refere que "considerando o percurso profissional, experiência e contributo relevante que tem dado à Jerónimo Martins SGPS desde 2010 na qualidade de seu administrador-delegado", o accionista "entende que [Pedro Soares dos Santos] é a pessoa indicada para, agora, desempenhar as funções de presidente do conselho de administração" do grupo.

O accionista propõe que o conselho de administração seja reduzido para nove administradores, tendo em conta "o desaparecimento de António Borges e a recente renúncia do presidente do conselho de administração", Alexandre Soares dos Santos. O conselho de administração tinha sido eleito na assembleia geral anual, realizada a 10 de Abril, e contava com 11 elementos.