Suplemento dos rankings das escolas com o PÚBLICO deste sábado

Análise, reportagem e as listas do básico e do secundário com a edição impressa do PÚBLICO, num suplemento de 48 páginas.

Foto
Nelson Garrido

São cada vez mais as escolas públicas que ficam aquém do que é esperado para o seu contexto social. Tal como aconteceu no ano passado, o PÚBLICO, numa parceria com o Centro Regional do Porto da Universidade Católica Portuguesa, analisou os dados divulgados pelo Ministério da Educação e Ciência.

Além de divulgar os rankings com base nos resultados dos exames nacionais dos 4.º, 6.º e 9.º anos e secundário, o PÚBLICO e a Católica do Porto analisam os indicadores socioeconómicos das escolas.

Desde o ano passado que a tutela fornece dados sobre acção social escolar, as habilitações e as profissões dos pais e as taxas de conclusão das escolas. Estes dados permitem traçar um retrato de cada agrupamento e definir em que contexto se insere – do contexto 1 ao 3, sendo que o primeiro se refere às escolas com os indicadores mais desfavoráveis e o terceiro às que têm os mais favoráveis. Recorde-se que o ministério divulga estes dados para as escolas públicas, mas não para as privadas e para as privadas com apoio do Estado.

Com base nestes indicadores, é possível conhecer um pouco melhor as escolas públicas e saber se as notas que obtiveram nos exames estão, ou não, acima do valor esperado para cada uma delas. O PÚBLICO fez reportagem em algumas das escolas que, além de terem tido bons resultados, ficaram acima do valor esperado.

Conheça ainda os estabelecimentos de ensino que melhoraram ou pioraram os seus resultados comparativamente ao ano passado. E saiba qual foi o desempenho das escolas nas disciplinas que mais alunos levam a exame no ensino secundário.

Suplemento em papel e online
Além do suplemento em papel, no online o PÚBLICO disponibiliza, a partir da 00h01, deste sábado, as listas feitas com base nos resultados dos exames do básico e do secundário.

Cada leitor poderá criar o seu próprio ranking, já que pode conhecer, por exemplo, as escolas do seu concelho, saber o que se passa com as públicas e com as privadas ou quais as que fizeram mais provas. Pode ainda ordená-las pelas médias, pelo contexto ou pelo valor esperado de contexto.

No site, pode ainda ler as opiniões de Maria de Lurdes Rodrigues, João Teixeira Lopes, Paulo Guinote, José Morgado, Manuel Esperança, Filinto Lima, António José Sarmento e Rodrigo Queiroz e Melo. Veja os vídeos de duas escolas de Lisboa.