Festa das Latas de Coimbra começa hoje com serenata na Sé Nova

Latada de 2013 terá componente de protesto, contra os cortes orçamentais na Educação.

Orçamento desta edição da festa sofreu redução de 10 e 20 por cento
Foto
Orçamento desta edição da festa sofreu redução de 10 e 20 por cento Sérgio Azenha/Arquivo

A Latada de Coimbra, festa no âmbito da recepção aos caloiros da academia, tem início nesta noite com a serenata na Sé Nova, antecedendo as sete noites no Parque da Canção, que conta com um cartaz constituído na sua maioria por bandas portuguesas.

“Pretende-se dar uma maior importância às bandas portuguesas”, disse Rui Brandão, administrador da Direcção-Geral da Associação Académica de Coimbra (AAC), acrescentando que a escolha de artistas nacionais “permite fazer um cartaz mais baixo em termos orçamentais”.

O orçamento para a Festa das Latas foi reduzido, na ordem “dos 10% a 20%”, estando disponíveis 500 mil euros para a realização do evento, revelou.

Um dos destaques de Rui Brandão vai para o projecto britânico La Roux, vencedor do Grammy para melhor álbum de música electrónica em 2009, que toca na sexta-feira, dia 18. Tiago Bettencourt (dia 19), David Fonseca (20), Dj Ride e Paus (21) e Quim Barreiros, a 22 de Outubro, dia de cortejo, serão alguns dos nomes portugueses a marcar presença no Parque da Canção, figurando ao lado de nomes menos conhecidos como Flying Cages, Dona Branca, Stereossauro ou Frankie Chavez.

A Festa das Latas vai voltar este ano a ter uma componente de reivindicação, no âmbito da decisão aprovada na última assembleia magna da AAC de 14 de Outubro, com o recinto e as barracas dos núcleos de estudantes a ostentarem mensagens de protesto contra os cortes orçamentais no sector da Educação. No dia do tradicional cortejo da Latada será realizado um cortejo fúnebre de protesto, à imagem do que aconteceu em 2012.  

Sugerir correcção