Auditoria de gestão do Sporting vai durar 13 meses

Bruno de Carvalho avança para uma das suas promessas eleitorais. Período em análise inclui mandatos de Santana Lopes, Roquette, Dias da Cunha, Soares Franco, Bettencourt e Godinho Lopes.

A auditoria de gestão deverá estar concluida no final de 2014
Foto
A auditoria de gestão deverá estar concluida no final de 2014 Bruno Simões Castanheira

A auditoria à gestão do Sporting irá durar 13 meses e analisará o período entre início da presidência de Santana Lopes, a Junho de 1995, e o final da liderança de Godinho Lopes, a Março deste ano.

Num comunicado publicado no seu site oficial, o Sporting revelou que os contornos do processo de auditoria à recente gestão do clube foram anunciados aos sócios na última Assembleia-Geral, realizada sexta-feira, pelo presidente do Conselho Fiscal e Disciplinar (CFD), Jorge Bacelar Gouveia.

“Catorze empresas manifestaram o seu interesse em receber o caderno de encargos para apresentação de proposta tendo o Sporting recebido dez respostas dentro do prazo estabelecido para o efeito [30 de Setembro]. Neste momento, o CFD está a fazer uma análise das propostas apresentadas, mas adiantou aos associados que a auditoria terá cinco fases e quatro áreas distintas [Gestão Imobiliária, Gestão Desportiva, Gestão de Fornecimento de Bens Serviços e Gestão de Recursos Humanos]”, lê-se no comunicado.

A auditoria analisará o período entre 2 de Junho de 1995 e 27 de Março de 2013, que abrange os mandatos dos antigos presidentes Pedro Santana Lopes, José Roquette, Dias da Cunha, Soares Franco, José Eduardo Bettencourt e Godinho Lopes.

“A auditoria terá uma duração máxima de 13 meses e, nos primeiros 60 dias a contar da adjudicação, serão apresentados os resultados da primeira fase, ou seja, a análise à gestão imobiliária de todos os mandatos, desde a presidência de Pedro Santana Lopes (2/6/1995 a 27/03/2013) e a análise à gestão desportiva, de recursos humanos e de fornecimentos de bens e serviços do mandato de Godinho Lopes”, acrescenta o comunicado.

A auditoria, uma das promessas do actual presidente, Bruno de Carvalho, nas últimas eleições para os órgãos sociais do clube, deverá estar concluída no final do ano de 2014.