Adeptos do Levski não admitem que novo treinador vista camisola do clube

Técnico confessou ser adepto de emblema rival.

Ivaylo Petev foi obrigado por cerca de 30 adeptos do Levski Sófia a abandonar a sala de imprensa e a despir a camisola do clube búlgaro de futebol na sua apresentação como novo treinador da formação.

“Tira a camisola ou tiramos nós”, ameaçaram os adeptos, que acabaram por arrancar o equipamento a Petev, empurrando-o para fora da sala de imprensa.

A ira dos adeptos foi motivada por uma recente entrevista de Petev, na qual o treinador confessava ser adepto do CSKA, eterno rival do Levski.

Os incidentes levaram mesmo os directores técnicos do clube Ivo Tonev e Nasko Sirakov a apresentarem a demissão dos cargos.

Segundo a comunicação social búlgara, o clube não esclareceu ainda se Petev, que se sagrou campeão búlgaro a época passada ao serviço do Lugodorets, vai mesmo liderar a equipa técnica do Levski.