Sondagem dá Rui Moreira à frente no Porto, mas revela tudo em aberto

Luís Filipe Menezes, Manuel Pizarro e Rui Moreira separados por uma pequena diferença. Há 17% de indecisos para as eleições de domingo.

Rui Moreira foi o autor da moção aprovada pela Câmara do Porto que critica a gestão dos fundos de Bruxelas
Foto
Rui Moreira foi o autor da moção aprovada pela Câmara do Porto que critica a gestão dos fundos de Bruxelas Rui Farinha/arquivo

Uma sondagem da Universidade Católica para as eleições autárquicas deste domingo no Porto, divulgada esta quinta-feira pela RTP, dá praticamente um empate técnico, com uma surpresa: Rui Moreira (independente apoiado pelo CDS) surge à frente com 29%, seguido por Luís Filipe Menezes (PSD/PP/MPT) com 26% e Manuel Pizarro (PS) com 23% das projecções, já com distribuição de indecisos.

Na prática, a sondagem da Universidade Católica para a RTP revela um empate técnico entre os três principais candidatos à presidência da câmara da cidade, que pode ser resolvido pelo elevado número de indecisos (17%).

Estes 17% de eleitores admitem que vão votar, mas ainda não decidiram em qual dos candidatos que se apresentam na corrida à segunda maior câmara do país. Nas intenções de voto antes da distribuição de indecisos, Moreira reúne 19%, Menezes 16% e Pizarro 15%.

Seguem-se Pedro Carvalho (CDU) com 9%, José Soeiro (BE) com 5% e Nuno Cardoso (independente) com 2% e Costa Pereira (PTP) e José C. Santos (PCTP/MRPP) cada um com 1%.

A sondagem da universidade Católica para a RTP foi divulgada esta quinta-feira. Os 1272 inquéritos foram realizados entre 21 e 23 de Setembro. A sondagem apresenta uma margem de erro de 2,7% com um nível de confiança de 95%.