Jorge Jesus já foi notificado e constituído arguido

Treinador do Benfica terá de prestar depoimento no Tribunal de Guimarães.

Jesus será agora ouvido pelo Tribunal de Guimarães
Foto
Jesus será agora ouvido pelo Tribunal de Guimarães Francisco Leong/AFP (arquivo)

O treinador do Benfica, Jorge Jesus, foi esta terça-feira notificado pela Polícia de Segurança Pública (PSP) e constituído arguido, na sequência dos incidentes ocorridos no final do jogo de futebol entre os “encarnados” e o Vitória de Guimarães.

Fonte policial confirmou esta terça-feira à agência Lusa que Jorge Jesus já foi notificado e que deverá aguardar que o Tribunal Judicial de Guimarães o chame para prestar depoimento sobre o caso.

No final do jogo entre o Vitória de Guimarães e o Benfica (0-1), da quinta jornada da I Liga de futebol, Jorge Jesus intrometeu-se numa acção da polícia que tentava retirar adeptos do clube das “águias” do relvado do Estádio D. Afonso Henriques.

Na zona de entrevista rápidas, o treinador Jorge Jesus justificou a sua decisão com a necessidade de defender os adeptos do Benfica.

“Os adeptos começaram a entrar, a segurança tentou bloquear um deles e tentei que o deixassem tranquilo, porque só foi buscar uma camisola. Decidi agir em defesa dos adeptos do Benfica. Serei sempre o primeiro a defendê-los”, disse, em declarações à SportTV.