Rui Rio recebeu candidato independente a Sintra na Câmara do Porto

Presidente da autarquia portuense não prestou declarações aos jornalistas.

Marco Almeida foi o único a falar no final do encontro
Foto
Marco Almeida foi o único a falar no final do encontro Fernando Veludo/nFactos

Rui Rio aceitou reunir-se esta sexta-feira com Marco Almeida, que se desfiliou do PSD para se candidatar como independente à Câmara de Sintra, mas no final do encontro o presidente da Câmara do Porto não apareceu para fazer declarações aos jornalistas.

O palco ficou todo para Marco Almeida, que se referiu ao presidente da Câmara do Porto como “um modelo a seguir do ponto de vista da gestão autárquica. “O dr. Rui Rio é uma referência para mim enquanto autarca por tudo aquilo que fez e foi capaz de construir em prol dos seus munícipes”, declarou Marco Almeida, no final do encontro com o autarca portuense.

Nas vésperas de apresentar o seu programa eleitoral, Marco Almeida revelou que solicitou um encontro com Rui Rio para partilhar com o autarca social-democrata “algumas das preocupações” que tem relativamente à autarquia à qual se candidata e à Área Metropolitana de Lisboa no seu conjunto.

“Para além da obra material, [Rui Rio] foi também capaz de equilibrar as finanças municipais. Dizendo isto quero afirmar que é possível encontrarmos soluções para os problemas que as populações têm sem esquecer a necessidade de rigor orçamental e o dr. Rui Rio, a Câmara Municipal do Porto, sob os 12 anos da sua gestão, são uma boa referência para o país em matéria autárquicas”, sublinhou Marco Almeida.

Mas Rio não foi o único autarca que o independente, que lidera o movimento Sintrenses com Marco Almeida, quis ouvir antes de apresentar o seu programa, evento que está marcado para domingo. Segundo revelou, falou já com Ministro dos Santos, o presidente da Câmara de Mafra desde 1986 que, de acordo com as palavras do candidato a Sintra, é também uma “referência em termos de gestão autárquica”.

O vice-presidente da Câmara de Sintra tem mantido, de resto, contactos telefónicos com Rui Rio com quem tem “trocado opiniões e pedido aconselhamento em várias áreas”. “Fico muito satisfeito pelo facto de da parte do dr. Rui Rio também haver essa confiança e essa disponibilidade de partilhar comigo algumas reflexões em torno da gestão municipal”, afirmou ainda o autarca de Sintra e candidato independente à presidência daquela autarquia.

“Saio daqui mais enriquecido e, certamente, os sintrenses ganharão também com as opiniões que recolhi do dr. Rui Rio e que se vão reflectir no programa eleitoral”, acrescentou.

Marco Almeida, que tutela os pelouros da Educação, Ambiente, Gestão Urbana e Protecção Civil, inscreveu-se no PSD em 1993 e desfiliou-se em Dezembro de 2012. “Foi um divórcio sem sofrimento”, rematou Marco Almeida.
 
 
 

Sugerir correcção