As Linhas de Wellington é o candidato português aos Óscares

Filme português é o candidato à nomeação na categoria de Melhor Filme Estrangeiro.

<i>Linhas de Wellington</i> com John Malkovich foi visto por 22 mil pessoas em 10 dias
Foto
Linhas de Wellington com John Malkovich foi visto por 22 mil pessoas em 10 dias DR

As Linhas de Wellington, de Valeria Sarmiento, é o filme seleccionado para concorrer aos Óscares na categoria de Melhor Filme Estrangeiro, anunciou esta sexta-feira a Academia Portuguesa de Cinema.

Estreado no Festival de Veneza do ano passado, As Linhas de Wellington, o último projecto de Raoul Ruiz (1941-2011), foi assim o escolhido para representar Portugal nos prémios mais cobiçados do mundo do cinema, os Óscares, que acontecem em Março de 2014. No entanto, o filme português é ainda um candidato à nomeação aos Óscares.

O filme recebeu a maioria dos votos da Comissão de Selecção que foi este ano composta pela actriz Anabela Teixeira, a produtora Pandora da Cunha Telles, o argumentista Possidónio Cachapa, o realizador Vicente Alves do Ó e os directores de fotografia Luís Branquinho e Tony Costa.

Produzido por Paulo Branco e com argumento de Carlos Saboga, As Linhas de Wellington conta no elenco com Nuno Lopes, Soraia Chaves, Marisa Paredes, John Malkovich, Carloto Cotta, Mathieu Amalric e Adriano Luz. Este começou por ser um projecto pessoal do realizador Raoul Ruiz. Porém, depois da sua morte a 19 de Agosto de 2011, já em fase de pré-produção, foi Valeria Sarmiento, a sua viúva, quem completou o trabalho. O filme chegou aos cinemas portugueses no primeiro fim-de-semana de Outubro de 2012 e foi visto por 50.750 pessoas.

Rodado em Torres Vedras, o filme retrata a história das Linhas de Torres que tiveram um papel preponderante na retirada das tropas francesas comandadas pelo marechal André Masséna, durante a Terceira Invasão do território.

No ano passado, o filme de João Canijo, Sangue do Meu Sangue, foi o candidato português, mas acabou por não conseguir a nomeação aos Óscares.

A cerimónia de entrega dos Óscares, que será apresentada pela norte-americana Ellen DeGeneres, está marcada para o dia 2 de Março de 2014 no Dolby Theatre, em Los Angeles. As nomeações são anunciadas entre Janeiro e Fevereiro, cerca de um mês antes da cerimónia.

Esta semana, As Linhas de Wellington recebeu também nove nomeações para os prémios Sophia, organizados pela Academia Portuguesa de Cinema, e que vão ser entregues no dia 6 de Outubro, em Lisboa.