Inglesas fingiram sequestro em Lisboa porque faziam anos e acabaram detidas pela PSP

Foto
A Praça dos Restauradores foi o cenário escolhido pelas mulheres miriam lago

Duas inglesas de 40 anos resolveram celebrar os respectivos aniversários a brincar aos sequestros na capital portuguesa

Parece o enredo de um filme, mas não é. Aconteceu em Lisboa, no meio dos Restauradores, no domingo à tarde. Duas turistas inglesas decidiram comemorar os seus 40 anos na capital portuguesa e encomendaram um falso sequestro para animar a festa. Mas a diversão acabou na esquadra, com as aniversariantes e os "sequestradores" detidos.

Segundo a PSP, as duas mulheres organizaram uma viagem a Lisboa para, juntamente com nove amigas, celebrarem os seus aniversários. Contactaram uma empresa de "diversões" e combinaram que esta arranjaria forma de, em plena via pública, simular o seu rapto. E assim foi. Pelas 15h30, uma carrinha parou nos Restauradores e saíram dois homens - um deles encapuzado - que "agarraram" as duas turistas, obrigando-as a entrar no veículo. Consumado o falso sequestro, o condutor pôs-se em fuga, conta a PSP em comunicado. A cena foi filmada pela gerente da empresa.

O aparato e o alarme foi tal que as testemunhas do "rapto" desataram a ligar para a polícia, que rapidamente chegou ao local. "As diligências efectuadas culminaram na rápida intercepção de todos os suspeitos", diz o comando de Lisboa da PSP. Mas a polícia só depois percebeu que se tratava de uma brincadeira.

As duas aniversariantes acabaram detidas, bem como a gerente da firma e os três homens que participaram na encenação. Foi-lhes apreendida a viatura utilizada para simular o rapto e a máquina de filmar que o registou. Os seis suspeitos, com idades entre os 27 e os 40 anos, respondem agora por simulação de crime, um delito punível com pena de prisão até um ano ou multa até 120 dias. Os detidos foram ontem ouvidos em tribunal.