Autárquicas: Partido da Terra retira apoio a Moita Flores em Oeiras

As eleições autárquicas decorrem a 29 de Setembro.

O Partido da Terra (MPT) anunciou hoje a retirada de apoio político à candidatura de Francisco Moita Flores, pelo PSD, à Câmara de Oeiras, por “incumprimento de acordo”.

Em declarações à agência Lusa, o coordenador autárquico do MPT, José Faria, acusou a concelhia do PSD de Oeiras, liderada por Alexandre Luz, de não cumprir o acordo firmado entre as partes quando foi dado o apoio a Moita Flores.

“O acordo era que o Partido da Terra teria maior presença nas listas do candidato e isso não se verificou, portanto, achamos que não merecem mais a nossa confiança”, afirmou José Faria.

Contactado pela Lusa, o líder do PSD Oeiras, Alexandre Luz, afirmou que o MPT queria negociar o lugar de director municipal e nomear outras pessoas que não eram do concelho.

“O acordo inicial é que o MPT nomearia pessoas para a lista que fossem do concelho, mas o que se verificou é que vinham de todos os lados menos daqui e portanto nós não aceitámos”, justificou Alexandre Luz.

Além de Francisco Moita Flores, pelo PSD, concorrem também à Câmara de Oeiras, Paulo Freitas do Amaral, pelo CDS-PP, Marcos Sá, pelo PS, Paulo Vistas, pelo movimento independente Isaltino, Oeiras Mais À Frente, Daniel Branco pela CDU e Carlos Gaivoto pelo BE.