Golo nos descontos salva um displicente Sp. Braga frente ao Belenenses

O defesa-central Aderlan Santos, nos instantes finais, garantiu aos minhotos a segunda vitória na Liga.

Foto
Nacho Doce/Reuters

A segunda jornada da I Liga terminou com uma vitória sofrida do Sp. Braga frente ao Belenenses, por 2-1. A equipa de Jesualdo Ferreira chegou cedo ao golo, num lance polémico, e teve sempre o jogo controlado, mas nunca forçou o ritmo para aumentar a vantagem e deixou-se empatar pelo Belenenses. No entanto, no período de descontos, Aderlan Santos fez o golo da vitória dos minhotos.

Sem derrotas desde o regresso de Jesualdo, o Sp. Braga apresentou-se com quatro alterações em relação ao “onze” que defrontou o Pandurii. Numa clara gestão do plantel, o treinador alterou por completo o trio de ataque, mas a novidade estava na defesa: Dabó, internacional sub-19 português, jogou na direita. A recuperarem de uma amarga derrota na estreia, os “azuis” também surgiram com caras novas: Kay, Miguel Rosa e Deyverson foram titulares.

Apesar de assumirem o domínio desde o apito inicial, os “arsenalistas” sentiram dificuldades para chegar com perigo perto da baliza de Jones. No entanto, aos 19’, quando ainda não tinha sido construída qualquer jogada com pés e cabeça, o Sp. Braga marcou: Fernando Ferreira, sem ter ninguém por perto, tenta controlar a bola na área e, após alguma hesitação, o árbitro auxiliar considera que o médio jogou com o braço e é assinalada grande penalidade. Edinho agradeceu a polémica decisão para fazer o primeiro golo do encontro.

A partir daí, a partida transformou-se num longo bocejo até 15 minutos do fim. Com uma agenda apertada — na próxima quinta-feira, há a recepção ao Pandurii —, os bracarenses optaram por jogar com rotações bem baixas, enquanto o Belenenses parecia não ter argumentos para incomodar Eduardo. No entanto, aos 74’, o guarda-redes falhou a saída num canto e Diakité fez o empate.

O golo sofrido fez os bracarenses mudarem de atitude, o Belenenses foi encostado às cordas e, no primeiro minuto de descontos, Aderlan Santos, de cabeça, garantiu os três pontos ao Sp. Braga.